10 dicas sobre como fazer um plano de negócios poderoso

Atraia a atenção de seu público, aumente as chances de conseguir investimentos primordiais, com um plano de negócios simples, organizado e atraente.

Learn more

Muitos empreendedores e donos de estabelecimentos partem para ação antes mesmo de cuidar do planejamento estratégico e considerar detalhes relevantes do mercado, fornecedores e concorrentes. Como resultado, muitas empresas e organizações fracassam ou tendem a perder força ao longo do tempo. Um plano de negócios bem estruturado, pode ajudar você a prever cenários, mitigar riscos e antecipar ações para garantir o sucesso de seu empreendimento.

Na verdade, estudos comprovam que empresários que dedicam tempo a montar um plano de negócios completo e organizado têm 2,5 vezes mais chances de alcançar o êxito e assistir ao seu projeto decolar. E o esforço empregado na construção de um bom “business plan” permite aos empreendedores desenvolver habilidades que serão imprescindíveis mais tarde.

ara elencar os objetivos de sua empresa e quais os melhores caminhos para atingi-los, elaboramos este guia com 10 dicas valiosas sobre como fazer um plano de negócios poderoso:

1. Aprenda a partir de outros empreendedores

Uma maneira simples e eficaz para começar a esboçar seu documento é ler tantos planos de negócios quantos forem necessários e tirar proveito de cada estrutura para aplicar à sua situação. Pesquise no Google por “plano de negócios em PDF” para acessar arquivos gratuitos disponíveis amplamente na internet e anotar ideias interessantes.

  • Analise cada índice e veja como os tópicos podem ser relevantes e relacionados ao seu mercado.
  • Avalie a organização dos temas, como estão correlacionados entre si e se abrangem todos os pontos fundamentais que devem constar em seu plano.
  • Estude tabelas e gráficos e como esses elementos visuais reportam a evolução da empresa.

Não é necessário reinventar a roda para desenvolver um plano de negócios eficaz. Muitos já fizeram isso antes e foram bem sucedidos. Basta tirar proveito do que é relevante para sua estratégia e agregar às suas próprias ideias.

Aprendendo através de exemplos, você consegue filtrar o que é fundamental, pontos de atenção e descartar itens desnecessários para redigir seu próprio plano de negócios mais facilmente.

2. Se prepare para pesquisar continuamente

Se você espera ser o líder de mercado daqui a 2 anos, precisa descrever o porquê e quais ações tomar para alcançar essa meta.

Se você aposta que seu produto ou serviço será viral, deve levantar fatos e análises precisas para dar suporte a essa afirmação, explicando os motivos pelos quais as pessoas vão se encantar por sua marca e ajudá-lo a promover seu negócio.

Se você afirma que sua equipe de gestão é experiente e qualificada o bastante para ajudar no crescimento do negócio, deve comprovar tais qualificações através de currículos e portfólios que demonstrem essa experiência.

É fácil perder credibilidade - e investidores - se você estiver fazendo afirmações nas quais não pode se apoiar com dados e fatos.

3. Conheça o mercado e seus concorrentes

Investidores, credores e demais players sabem que um mercado sem concorrentes é normalmente um ambiente pequeno e desinteressante.

E um mercado saudável e em crescimento sempre atrairá a concorrência. Portanto, a menos que você esteja criando uma nova indústria ou um novo segmento de mercado, você terá concorrentes. E você precisa descobrir como vencê-los ou, pelo menos, como competir com eles.

É preciso fazer uma pesquisa de mercado para entender amplamente seu setor e a atuação de seus concorrentes. Invista tempo e esforço em pesquisando o mercado corretamente..

To understand your competitors and the industry, you’ll need to do market research.

Uma empresa certamente não terá sucesso se os proprietários não entendem sua ramo, seu público-alvo ou a concorrência.

4. Tome o índice como seu amigo

O índice é o resumo organizado e o ponto de partida para o seu plano de negócios

Gaste um tempo razoável construindo seu índice: certifique-se de incluir todos os tópicos relevantes. A maioria dos planos de negócios terá índices semelhantes. Porém, alguns setores podem exigir uma abordagem diferente.

Por exemplo, se você está lançando um novo serviço em um setor regulamentado, seu índice deve incluir uma seção exclusiva sobre o departamento regulatório e como você pretende trabalhar dentro dessa estrutura. Dentre outros tópicos, você deve considerar como leis e procedimentos afetarão seu plano de marketing, suas ações de vendas e sua estratégia de entrada no mercado.

Minimamente, seu plano deve incluir seções sobre a missão, visão e os valores da empresa que você está montando; um plano de marketing detalhado; dados financeiros como empréstimos, investimentos, contas a pagar, capital de giro; sua estratégia de entrada no mercado e cenários de crescimento estimado.

Busque inspiração em outros planos de negócios de empresas bem-sucedidas.

5. Não revele seus segredos ao compartilhar seu plano de negócios

Se você planeja compartilhar seu plano de negócios com potenciais investidores, banqueiros ou outros interessados, exija confidencialidade.

Todavia, tenha em mente que investidores mais sofisticados, sobretudo os capitalistas de risco, não estarão dispostos a assinar acordos de sigilo, impondo-os obrigações legais.

Ainda assim, não deixe a confidencialidade ao acaso. Obtenha ao menos um compromisso verbal de que eles não irão compartilhar seu plano de negócios com ninguém.

E certifique-se de proteger a si e seu novo empreendimento, redigindo um aviso legal conciso e minucioso. Isso visa garantir que seu plano de negócios está perfeitamente alinhado com seus objetivos e suas estratégias.

6. Escreva um sumário executivo sólido

Pessoas são ocupadas. Poucos têm tempo necessário para ler planos de negócios contendo 50, até 100 páginas.

A maioria dos interessados vai se concentrar no sumário executivo, quando muito, irão folhear algumas seções específicas de seu plano de negócios.

Isso cria um desafio e uma oportunidade.

Se você elaborar um sumário executivo forte, aumenta as chances de captar a atenção e conseguir uma conversa futura com um potencial investidor e apresentar seu projeto pessoalmente.

É nesse ponto que empreendedores inexperientes colocam tudo a perder, apenas copiando e colando frases das seções de seu plano, adotando uma abordagem frágil e simplista.

Um sumário executivo precisa ser muito mais que a repetição de palavras. Aproveite esse espaço para contar uma verdadeira história, capaz de atrair o interesse dos investidores e convencê-los de que vale realmente a pena continuar a leitura e explorar todos os detalhes de seu plano de negócios.

7. Entenda seu público

Quem vai ler seu plano de negócios?

Foi escrito para investidores? Para parceiros em potencial ou membros do conselho? Para um banco, através do qual você deseja obter o financiamento para seu projeto?

Se antecipe aos tipos de perguntas que essas pessoas certamente farão e inclua as respostas em seu plano. Se seu público inclui banqueiros, por exemplo, pense nas principais questões que podem ser avaliadas para a liberação de um empréstimo e demais garantias, para que eles se sintam confortáveis ao financiar seu negócio.

E, se você não sabe quais informações os bancos necessitam para conceder um empréstimo, pergunte ao seu gerente. Ainda que instituições financeiras busquem por dados e informações similares, essa não é a regra geral e outros pontos podem ser abordados. Alguns bancos podem se concentrar em seções específicas de seu plano, diferentemente de outros.

Um plano de negócios forte mostra que você refletiu sobre todos os aspectos do projeto, delineou uma ideia clara e descreveu seu documento com riqueza de detalhes, de modo a transformá-lo em um empreendimento lucrativo e sustentável.

8. Crie um plano de negócios legível

Um bom plano de negócios deve ser atraente, interessante, informativo e estimulante.

Certifique-se de incluir detalhes, mas não em demasia para não sobrecarregar o leitor.

Use apêndices para elencar dados adicionais e informações complementares (como currículos e portfólios) para não desviar a atenção do tema central.

Faça uma revisão criteriosa da gramática, ortografia e regras de pontuação

Peça a um segundo (e terceiro) par de olhos de alguém que você admira para conceder um feedback construtivo. Esse um momento oportuno para descobrir lacunas ou pontos fracos em seu plano de negócios.

E, preenchendo essas lacunas e abordando as fraquezas antes de se reunir com os investidores, você estará em vantagem competitiva.

Abuse de tabelas, gráficos, quadros comparativos e ilustrações. Elementos visuais dando suporte o conteúdo textual são excelentes instrumentos para despertar o interesse e aumentar a legibilidade.

9. Utilize projeções com sabedoria

Os interessados em seu plano de negócios desejarão ver as projeções de seu desempenho, estimativas de custo e previsão de crescimento.

Investidores são suficientemente inteligentes para detectar quando números são obtidos por meio de pesquisas e simulações reais ou se foram deliberadamente inventados.

Portanto, seja sábio e conservador em suas estimativas e projeções financeiras. Se você espera alcançar uma participação de 25% do mercado em 2 anos, aponte esse possível cenário, mas adote apenas 5% como um número provável, sobretudo para fins orçamentários.

E, sempre que possível, baseie suas projeções em exemplos concretos; jamais suponha números que não possam ser apoiados em estimativas reais.

Uma boa abordagem que pode ajudar a deixar investidores e credores à vontade é apresentar os melhores, piores e mais prováveis cenários de vendas e crescimento.

10. Mantenha a simplicidade

A aparência do seu plano de negócios diz muito sobre como você lida com dados e informações.

Portanto, mantenha uma linguagem simples, use fontes legíveis, elabore uma estrutura organizada, de layout limpo.

E, deixe sua personalidade aparecer. Se você realmente acredita no que está escrevendo, sua paixão pelo produto final ficará evidente.

Lembre-se de que a maioria das pessoas não investe em seu plano de negócios. A maioria das pessoas investe em você.

As 10 melhores dicas sobre como montar um plano de negócios de sucesso

  1. Aprenda a partir de outros empreendedores

  2. Se prepare para pesquisar continuamente

  3. Conheça o mercado e seus concorrentes

  4. Tome o índice como seu amigo

  5. Não revele seus segredos ao compartilhar seu plano de negócios

  6. Escreva um sumário executivo sólido

  7. Entenda seu público

  8. Crie um plano de negócios legível

  9. Utilize projeções com sabedoria

  10. Mantenha a simplicidade