“ Dor é definida como uma experiência física e emocional desagradável, associada à lesão real ou potencial”. É sempre subjetiva e individual, cada pessoa aprende a usar este termo por meio de suas experiências prévias. <BR>A prevalência de dor é alta, podendo atingir até 40% na população geral. Pacientes que estão em assistência domiciliar, a ocorrência de dor pode ser ainda maior, principalmente devido a presença de várias condições crônicas de saúde que acompanham a dor: como o diabetes, as lesões de pele, as doenças vasculares e a baixa mobilidade física. É considerada o 5º Sinal Vital, devendo ser sistematicamente avaliada junto com a Pressão Arterial (PA), Frequência respiratória (FR), Pulso e a Temperatura. Saber identificar a presença de dor, seja através do relato pelo próprio paciente ou através da presença de sinais sugestivos que possam significar dor é muito importante, especialmente naqueles pacientes com dificuldade de comunicação.  “ Dor é definida como uma experiência física e emocional desagradável, associada à lesão real ou potencial”. É sempre subjetiva e individual, cada pessoa aprende a usar este termo por meio de suas experiências prévias. <BR>A prevalência de dor é alta, podendo atingir até 40% na população geral. Pacientes que estão em assistência domiciliar, a ocorrência de dor pode ser ainda maior, principalmente devido a presença de várias condições crônicas de saúde que acompanham a dor: como o diabetes, as lesões de pele, as doenças vasculares e a baixa mobilidade física. É considerada o 5º Sinal Vital, devendo ser sistematicamente avaliada junto com a Pressão Arterial (PA), Frequência respiratória (FR), Pulso e a Temperatura. Saber identificar a presença de dor, seja através do relato pelo próprio paciente ou através da presença de sinais sugestivos que possam significar dor é muito importante, especialmente naqueles pacientes com dificuldade de comunicação. <P>Esteja atento a avaliação da dor para manejo adequado através da orientação médica e das medidas não-medicamentosas, como as citadas abaixo:<BR><BR>> Aplique compressas mornas na região de dor de 3 a 4 vezes ao dia;
> Reduza a luz ambiente onde o paciente está;
> Realize exercícios de respiração para promover relaxamento e distração;
> Mantenha aromas agradáveis e música suave no ambiente para relaxamento;
> Realize mudanças frequentes de posição, nos indivíduos acamados;
> Utize coxins e travesseiros confortáveis nas regiões de dor.
<P>Controle da Dor na Atenção Domiciliar<P>Caso apresente sinais de dor, mesmo após medicação e as medidas descritas ao lado, informe a Projeto Home Care  pelos telefones:<BR>11 2066.0058<BR>11 9.7150.2186<P>Recebi todas as orientações de forma clara e objetiva para atenção aos sinais e controle da dor.<BR><BR>Paciente:___________________________________________________________________________________________________________
Responsável:________________________________________________________________________________________________________
Data: ____/____/____
Report Abuse

If you feel that this Image content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a copyright violation, please follow the DMCA section in the Terms of Use.

Please include all of the required information before submitting your report. The following information is missing:
Reason for reporting
Your Email
Your Name
Description of your concern