“ Dor é definida como uma experiência física e emocional desagradável, associada à lesão real ou potencial”. É sempre subjetiva e individual, cada pessoa aprende a usar este termo por meio de suas experiências prévias. <BR>A prevalência de dor é alta, podendo atingir até 40% na população geral. Pacientes que estão em assistência domiciliar, a ocorrência de dor pode ser ainda maior, principalmente devido a presença de várias condições crônicas de saúde que acompanham a dor: como o diabetes, as lesões de pele, as doenças vasculares e a baixa mobilidade física. É considerada o 5º Sinal Vital, devendo ser sistematicamente avaliada junto com a Pressão Arterial (PA), Frequência respiratória (FR), Pulso e a Temperatura. Saber identificar a presença de dor, seja através do relato pelo próprio paciente ou através da presença de sinais sugestivos que possam significar dor é muito importante, especialmente naqueles pacientes com dificuldade de comunicação.  “ Dor é definida como uma experiência física e emocional desagradável, associada à lesão real ou potencial”. É sempre subjetiva e individual, cada pessoa aprende a usar este termo por meio de suas experiências prévias. <BR>A prevalência de dor é alta, podendo atingir até 40% na população geral. Pacientes que estão em assistência domiciliar, a ocorrência de dor pode ser ainda maior, principalmente devido a presença de várias condições crônicas de saúde que acompanham a dor: como o diabetes, as lesões de pele, as doenças vasculares e a baixa mobilidade física. É considerada o 5º Sinal Vital, devendo ser sistematicamente avaliada junto com a Pressão Arterial (PA), Frequência respiratória (FR), Pulso e a Temperatura. Saber identificar a presença de dor, seja através do relato pelo próprio paciente ou através da presença de sinais sugestivos que possam significar dor é muito importante, especialmente naqueles pacientes com dificuldade de comunicação. <P>Esteja atento a avaliação da dor para manejo adequado através da orientação médica e das medidas não-medicamentosas, como as citadas abaixo:<BR><BR>> Aplique compressas mornas na região de dor de 3 a 4 vezes ao dia;
> Reduza a luz ambiente onde o paciente está;
> Realize exercícios de respiração para promover relaxamento e distração;
> Mantenha aromas agradáveis e música suave no ambiente para relaxamento;
> Realize mudanças frequentes de posição, nos indivíduos acamados;
> Utize coxins e travesseiros confortáveis nas regiões de dor.
<P>Controle da Dor na Atenção Domiciliar<P>Caso apresente sinais de dor, mesmo após medicação e as medidas descritas ao lado, informe a Projeto Home Care  pelos telefones:<BR>11 2066.0058<BR>11 9.7150.2186<P>Recebi todas as orientações de forma clara e objetiva para atenção aos sinais e controle da dor.<BR><BR>Paciente:___________________________________________________________________________________________________________
Responsável:________________________________________________________________________________________________________
Data: ____/____/____
Report Abuse

If you feel that this Image content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a copyright violation, please follow the DMCA section in the Terms of Use.

Please include all of the required information before submitting your report.
Your reason for reporting is required.
Your email is required.
Your name is required.
A description of your concern is required.