Contabilidade Básica Luís Augusto - CONTABILIDADE

Apresentação da oficina

Caro Aluno, esta Oficina apresenta introdução à Contabilidade como instrumento de gestão para os mais variados tipos de organizações. Aborda suas principais funções e finalidades. No final do texto você encontrará um vídeo sobre a Contabilidade e um conjunto de questões de múltipla escolha.

Desejamos a você bom estudo!

CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA

A “contabilidade é a ciência que estuda e controla o patrimônio das entidades, mediante o registro, a demonstração expositiva e a interpretação dos gastos nele ocorridos, com o fim de fornecer informações sobre sua composição e variações, bem como sobre o resultado econômico e decorrente da gestão da riqueza patrimonial” (Hilário Franco 1996).

A contabilidade é um instrumento que fornece diversas informações úteis para tomada de decisão, dentro e fora das empresas. Por meio da contabilidade é possível conhecer toda a estrutura econômica e financeira das entidades. Utilizando de registros a contabilidade acumula e resume dados relacionados com os usuários tanto podem ser internos, como externos: Os usuários internos incluem os administradores de todos os níveis, que usualmente se valem de informações mais aprofundadas e específicas acerca da Entidade, notadamente aquelas relativas ao seu ciclo operacional. Filiais, diretoria, proprietários, departamentos (vendas, compras, RH, financeiro, produção, estoque, etc.), administradores e colaboradores. Os usuários externos concentram suas atenções, de forma geral, em aspectos mais genéricos, expressos nas demonstrações contábeis. Podendo ser Clientes, fornecedores, concorrentes, sistema financeiro, comunidade, etc. Cada usuário está interessado em algum aspecto particular da empresa, e citando os mais comuns, os fornecedores estão interessados pela capacidade de pagamento de seus clientes, ou seja, sua liquidez, por outro lado os clientes se preocupam em saber se os fornecedores terão capacidade para atendê-los conforme suas exigências, tanto no produto como nos prazos de pagamentos.

O Patrimônio é um conjunto de Bens, Direitos e Obrigações de uma entidade, avaliados em dinheiro. Pode-se entender como Bens todos os objetos que uma empresa possui, seja para uso, troca ou consumo, por exemplo: prateleira, balcão, espelho, Mercadorias para revenda, material para embalagem, material de escritório. Entende-se por Direitos como valores a empresa tem para receber de terceiros. As contas seguem com a denominação à receber. Exemplo: cheque à receber. Constituem Direitos para a empresa todos os valores que ela tem a receber de terceiros (clientes, inquilinos, etc.) Obrigações são valores que a empresa tem para pagar à terceiros, as contas seguem com a denominação à pagar. Exemplo: Cheques à pagar. Constituem Obrigações para a empresa todos os valores que ela tem a pagar para terceiros (fornecedores, empregados, Governo, etc.)

O objeto da Contabilidade é, então, o patrimônio. Onde o patrimônio é formado pelo conjunto de bens, direitos e obrigações vinculados à entidade econômica - administrativa, e este constitui o objeto indispensável para que esta realize seus objetivos. Em torno do patrimônio a Contabilidade desenvolve suas funções como um meio de atingir suas finalidades, que é a de informar e orientar a administração sobre o estado desse patrimônio e suas variações. Para a contabilidade conhecer a situação do patrimônio de uma empresa em um determinado momento, bem como suas variações e os efeitos da ação administrativa sobre a riqueza patrimonial, esta registra, interpreta e analisa os fenômenos que ocorrem no patrimônio das pessoas físicas e jurídicas, objetivando demonstrar a seus usuários, por meio de relatórios próprios, informações sobre o comportamento dos negócios, buscando fornecer aos administradores, dados precisos para a tomada de decisões. Aparentemente esse processo é muito simples, a contabilidade obtém os dados através de documentos (notas fiscais, requisições, mapas de custos etc), sintetiza-os e apresenta aos usuários em forma de relatórios. A finalidade da Contabilidade é a de controlar o Patrimônio com o objetivo de fornecer informações sobre a sua composição e suas variações.

A Contabilidade tem por finalidade Assegurar o controle do patrimônio administrado e fornecer informações sobre a composição e as variações patrimoniais, bem como o resultado das atividades econômicas desenvolvidas pela entidade para alcançar seus fins, que podem ser lucrativos ou meramente ideais. De acordo com o parágrafo acima, observamos duas funções básicas na contabilidade. Uma é a administrativa, e a outra é a econômica.

Assim:

• Função administrativa: controlar o patrimônio

• Função econômica: apurar o resultado.

Usuários da contabilidade

Entre os usuários e interessados, podemos citar:

• Sócios

• Administradores

• Fornecedores

• Clientes

• Empregados

• Bancos

• Investidores

• Concorrentes

• A comunidade (sociedade)

• Governo

• Outros (por diversos motivos, inclusive a curiosidade).

Geralmente, os usuários são classificados como:

a) Internos: são as pessoas internas à entidade, como é o caso do gerente e do diretor. Os usuários internos usam a contabilidade para ajudar no processo de tomada de decisão. Entre as diferentes situações em que é possível utilizar a contabilidade, citamos a situação na qual o administrador está estudando a viabilidade de uma filial. Por meio da mensuração do resultado pela contabilidade, será possível determinar o fechamento (ou não) desta filial.

b) Externos: são pessoas que utilizam as informações contábeis para o processo decisório. Entretanto, ao contrário dos usuários internos, o acesso às informações é mais limitado, por possuir menor possibilidade de obter informações sobre a entidade. (SILVA, 2007)

FUNÇÕES DA CONTABILIDADE

As principais funções da Contabilidade são: registrar, organizar, demonstrar, analisar e acompanhar as modificações do patrimônio em virtude da atividade econômica ou social que a empresa exerce no contexto econômico.

Registrar: todos os fatos que ocorrem e podem ser representados em valor monetário;

Organizar: um sistema de controle adequado à empresa;

Demonstrar: com base nos registros realizados, expor periodicamente por meio de demonstrativos, a situação econômica, patrimonial e financeira da empresa;

Analisar: os demonstrativos podem ser analisados com a finalidade de apuração dos resultados obtidos pela empresa;

Acompanhar: a execução dos planos econômicos da empresa, prevendo os pagamentos a serem realizados, as quantias a serem recebidas de terceiros, e alertando para eventuais problemas.

FINALIDADES DA CONTABILIDADE

Desde os seus primórdios que a finalidade básica da Contabilidade tem sido o acompanhamento das atividades.

As finalidades fundamentais da Contabilidade referem-se à orientação da administração das empresas no exercício de suas funções. Portanto a Contabilidade é o controle e o planejamento de toda e qualquer entidade sócio-econômica.

Controle: a administração através das informações contábeis, via relatórios pode certificar-se na medida do possível, de que a organização está agindo em conformidade com os planos e políticas determinados.

Planejamento: a informação contábil, principalmente no que se refere ao estabelecimento de padrões e ao inter-relacionamento da Contabilidade e os planos orçamentários, é de grande utilidade no planejamento empresarial, ou seja, no processo de decisão sobre que curso de ação deverá ser tomado para o futuro.

Created By
Lucas Campos Moura
Appreciate

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.