A 13 de maio Aurélio Lopes

A 13 de maio de 1917, no remoto lugar da Cova da Iria, perdido na Serra d’Aire, três crianças, que pastoreavam as suas ovelhas, avistam o vulto brilhante de uma Senhora.

Segundo Lúcia, a mais velha das três, era Nossa Senhora quem lhes teria aparecido nesse dia, vindo a aparecer por mais cinco ocasiões.

Nessas, a Senhora pede, entre outras coisas, que todo o mundo reze pela paz. Na última aparição, o Sol roda no céu, fenómeno testemunhado por milhares de pessoas e acontecimento que reforçou a crença nas palavras dos três pastorinhos.

Qual a veracidade dos relatos das crianças? Até que ponto as condições sociais e políticas da altura contribuíram para os acontecimentos? De que forma a Igreja tirou partido da situação? E mais importante: como foi que o testemunho, singelo, de três crianças visionárias acabou por levar à construção do grande “altar do mundo” que o santuário hoje é?

Aurélio Rosa Lopes, antropólogo e estudioso do fenómeno fatimita, dá respostas a estas e outras questões, numa análise social e antropológica, isenta e responsável, destes apaixonantes acontecimentos.

O Autor

Aurélio Lopes é licenciado em Antropologia Social, Mestre em Sociologia da Educação e Doutorado em Antropologia Cultural pelo ISCSP da Universidade Técnica de Lisboa. Professor do Ensino Superior. Investigador universitário na área da cultura tradicional, especialmente no que respeita à Antropologia do Simbólico e à problemática do Sagrado e suas representações, tem-se debruçado sobre práticas tradicionais comunitárias culturais e cultuais, nomeadamente no que concerne à religiosidade popular e suas relações sincréticas com raízes ancestrais e influências mutacionais modernas. Investigador do IELT: Instituto de Estudos de Literatura Tradicional da Universidade Nova de Lisboa.

www.egoeditora.com

a literatura tem uma nova personalidade - a sua!

Created By
Ego Editora
Appreciate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.