Loading

John Moreno Rutowski ADVOGADO AMBIENTAL E DEFENSOR DOS DIREITOS HUMANOS

Em 2013, o governo mexicano aprovou a construção de um hotel na praia de Punta Lobos. A agência imobiliária ‘Black Creek’ desenvolveu um projeto turístico grande, próximo ao povoado de Todos Santos.

A praia, que tem sido o lugar de trabalho dos pescadores locais há mais de 100 anos, desde que seus pais e avós moravam lá no pântano e nas zonas úmidas ao redor, está se transformando em um hotel na atualidade. A empresa planeja construir 4.472 casas em 25 anos e mais dois hotéis de luxo, em um projeto turístico chamado 'Três Santos', que implica danos ambientais significativos.

A cooperativa de pesca de Punta Lobos decidiu lutar pelo direito de pescar com a ajuda do advogado John Moreno. Após dois anos de disputa legal, perda de recursos naturais, protestos e deslocamentos, John Moreno foi preso em Todos Santos ao deixar seu escritório e foi preso em La Paz, capital da Baja California Sur, acusado de 'desapropriação' em outro caso (que foi reaberto), defendendo Joella Corado, que queria recuperar um pedaço de terra herdado dos seus pais.

John Moreno é advogado em Todos Santos e também tem o cargo de chefe da tribo Lakota Sioux. Ele compartilha uma ideologia sobre o oceano e a natureza, onde a terra não nos pertence, e tem uma vasta experiência na oposição a projetos que ameaçam o meio ambiente.

Cinco dias após a detenção de Moreno, um juiz federal confirmou o direito da Cooperativa de Pesca de Punta Lobos de ‘proteger a sua praia tradicional contra a ameaça de deslocamento provocada pelo projeto Tres Santos'.
Mais de 80 organizações enviaram uma carta ao governador de Baixa Califórnia do Sul, Carlos Mendoza Davis, declarando a sua preocupação com a prisão do ativista e defensor dos direitos humanos John Moreno. Ele foi libertado 95 dias após ser detido.
Moreno faz parte do Mecanismo de Proteção a Defensores e Jornalistas dos Direitos Humanos, devido ao risco implícito no seu trabalho.
Devido ao seu trabalho, Moreno está constantemente enfrentando batalhas legais contra funcionários corruptos e interesses privados poderosos.

Credits:

1. Jen Hunter; Tulum-61; March 28, 2019; (CC BY 2.0). 2. Google maps. 3. Rafael Saldaña; albatross footprints; December 29, 2017; (CC BY 2.0). 4. Waterlat Gobacit; producto del día / catch of the day; June 21, 2013; (CC BY-NC 2.0). 5. Tomado de: diarioelindependiente.mx