Terceiro Domingo de Advento Ano A — São Paulo, 11 de dezembro de 2016

Prelúdio

Leitura

Senhor bendito,

Pai de grande e afável amor,

Tua alegria invade nosso ser;

tua paz nos cerca por todos os lados;

tua presença nos seduz e aquieta!

É com alegria que te bendizemos,

é na certeza que nos guias em paz que cantamos,

é por sabermos que nunca nos abandonas

que nos silenciamos para ouvir tua voz!

Sê conosco hoje aqui

e complete nossa alegria

na comunhão deliciosa que temos contigo

e com nossos irmãos!

Que sejam momentos de transformação de mente

e de espírito e de ação.

Por Cristo Jesus, nosso Senhor e irmão mais velho. Amém. [Marcelo Smargiasse]

Cântico “Senhor Deus está no Meio de Ti”

Senhor Deus está no meio de ti

Senhor Deus te salva

Sobre ti se alegrará

E ele em amor te renovará

E deixará sobre ti

A alegria, a alegria, a alegria, a alegria

Deixará.

Leitura

L1: O deserto e a região árida cantarão alegremente,

As terras ressequidas vão celebrar e florescer

Como as flores na primavera, desabrochando —

Uma sinfonia de canto e cor.

As glórias do monte Líbano — que dádiva!

Magnífico Carmelo, majestoso Sarom — que dádivas!

A glória resplandecente do Eterno à vista de todos.

O Eterno grandioso, o Eterno majestoso.

T: Fortaleçam as mãos debilitadas

e os joelhos vacilantes.

Digam às almas temerosas:

“Coragem! Ânimo!

O Eterno está aqui, bem aqui,

Prestes a pôr tudo em ordem

E reparar todo o mal.

Ele está a caminho! Ele vai trazer salvação!”.

L2: Olhos cegos serão abertos,

ouvidos surdos serão desimpedidos,

Os aleijados saltarão como a gazela,

Os mudos começarão a cantar.

Fontes de água irromperão no deserto,

torrentes na terra ressequida.

Areias ardentes serão como o oásis,

a terra sedenta será uma fonte que não para de jorrar.

Até os chacais terão água para beber,

e os pastos ressecados se tornarão verdejantes.

L3: Haverá uma estrada

chamada Sagrada.

Ninguém que seja rude ou rebelde

tem permissão para viajar por ela.

Ela é exclusiva do povo do Eterno.

Nela ninguém se perderá.

Nem mesmo os tolos terão como se perder.

Não há leões nessa estrada,

nenhum animal selvagem e feroz —

Nada e ninguém que seja perigoso ou ameaçador.

Só os redimidos andarão por ela.

O povo que o Eterno redimiu

voltará por essa estrada.

Eles cantarão enquanto estiverem a caminho de casa, Sião,

com coroas de alegria na cabeça,

Serão recebidos em casa com presentes, alegria e felicidade,

mas as tristezas e os gemidos fugirão para a escuridão da noite. [Isaías 35, AMensagem]

Hino “Em Silêncio Toda Carne” [TD, 2]

Em silêncio toda carne,

Com temor e devoção

Abandone reverente

Todo pensamento vão;

Nosso Deus à terra desce:

Tributai-lhe adoração!

Rei dos reis, da Virgem, filho

Entre nós ele habitou,

Deus em corpo e sangue humano

Deus-Senhor que se humilhou.

Os seus filhos alimenta,

Ele disse: “O Pão eu Sou”.

Hostes celestiais preparam

O caminho do Senhor

Ao descer a Luz das luzes

Do seu reino de esplendor.

Quem tombou seu inimigo

Extinguiu a treva e a dor.

Vigilantes anjos voam

Ao redor do Criador

E cobrindo as suas faces

Cantam o eternal louvor:

“Aleluia, Aleluia!

Ao supremo Deus-Senhor!”

Acendimento da Terceira Vela do Advento

Saudação [Dirigente]

Oração [Dirigente]

Leitura

L2: Bem-aventurado aquele que tem o Deus de Jacó por seu auxílio,

cuja esperança está no Senhor, seu Deus,

que fez os céus e a terra,

o mar e tudo o que neles há

e mantém para sempre a sua fidelidade.

L1: Que faz justiça aos oprimidos

e dá pão aos que têm fome.

T: O Senhor liberta os encarcerados.

O Senhor abre os olhos aos cegos,

o Senhor levanta os abatidos,

o Senhor ama os justos.

L3: O Senhor guarda o peregrino,

ampara o órfão e a viúva,

porém transtorna o caminho dos ímpios.

T: O Senhor reina para sempre;

D: o teu Deus, ó Sião, reina de geração em geração.

T: Aleluia! [Salmo 146,5–10]

Cântico “Hino à Liberdade” [TD, 152]

Ó vinde vós os povos de todas as nações

Erguei-vos e cantai com alegria

Fazei nos ares soar a nova melodia

Que Jesus Cristo traz libertação

É tempo de romper a vil escravidão

Que em vós exercem homens ou ideias

É tempo de dizer que só Deus pode ser

O único Senhor da humanidade.

A verdade vos libertará

Sereis em Cristo verdadeiramente livres

Vindes todos, sim, oh vinde já

E celebrai com alegria

A vossa libertação.

E vós os oprimidos e vós os explorados

E vós os que vivei em agonia

E vós os povos todos, vós, cativos, sós

Sabei que em breve vem um novo dia

Um dia de justiça, um dia de verdade

Um dia em que haverá na Terra a paz

Em que será vencida a morte pela vida

E a escravidão enfim acabará.

Interlúdio

Oração Silenciosa

Leitura

Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas. Sede vós também pacientes e fortalecei o vosso coração, pois a vinda do Senhor está próxima. Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para não serdes julgados. Eis que o juiz está às portas. Irmãos, tomai por modelo no sofrimento e na paciência os profetas, os quais falaram em nome do Senhor. [Tiago 5,7–10]

Oração Silenciosa

Cântico “Doce Presença” [TD, 58, Estribilho, Dirigente]

Doce presença, presença santa,

Vem sobre nós, enchendo-nos com teu poder.

Te adoraremos, por tua presença aqui

E que renovará os nossos corações,

Louvado seja o Senhor.

Oração Silenciosa

Interlúdio

Cantata — “A Linda História do Natal”

Uma Linda História

José e Maria [Entrada de Andreia e Willians]

Cristo Nasceu [Luiza Linardi, Solo]

O Primeiro Natal [Entrada dos Pais]

H: Ah! Um anjo proclamou o primeiro Natal

A uns pobres pastores ao pé de Belém,

Lá nos campos a guardar os rebanhos do mal,

Numa noite tão fria e escura também.

T: Natal, Natal, Natal, Natal!

É-nos nascido um Rei divinal!

Hoje Nasceu o Salvador [Mães, Jovens e Adolescentes]

O Cântico dos Anjos [“Glória! Glória a Deus nas Alturas!”]

Crianças: Glória!

Glória a Deus nas alturas!

Glória!

Glória a Deus nas alturas!

T: Surgem anjos proclamando

Paz na terra e a Deus louvor.

Vão seus hinos ecoando

Nas montanhas, ao redor!

Crianças: Glória!

Glória a Deus nas alturas!

Glória!

Glória a Deus nas alturas!

Leitura [L2]

Povos, tribos, celebrai-o

“Glória a Deus”, também dizei.

De joelhos, adorai-o

Ele é o Cristo, o grande Rei!

Glória, glória a Deus nas alturas!

Os Magos [Entrada de Mateus, Felipe e Tiago]

Procura-Se O Natal [Pr. Marcelo e Rodrigo Araújo]

A Linda História

Mensagem — Rev. Marcelo Smargiasse

Oração

Bênção & Amém Tríplice

Poslúdio
Created By
Marcelo Smargiasse
Appreciate

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.