Um final de semana respirando a Paternidade de Deus! Quero compartilhar com você um pouco de como foi o meu tempo em Porto Nacional - To.

A cidade de Porto Nacional fica localizada as margens do Rio Tocantins e é uma cidade histórica. Possui cerca de 60 mil habitantes.
Tudo começou no final do ano de 2016 quando uma amiga aqui da base (Rogelma), me indicou para ministrar em um retiro de carnaval em Fevereiro de 2017 na Segunda Igreja Batista de Porto Nacional. Mas infelizmente na semana do evento ele foi cancelado. Então foi remarcado para o aniversário da Igreja (15 anos) entre os dias 21 e 24 de Abril.
Após um cansativo vôo por conta de uma conexão bem demorada em Brasília, cheguei na cidade. Na sexta a noite as celebrações do aniversário começaram com uma cantata de páscoa com a participação de algumas outras igrejas locais. Foi muito bonito e bem feito e desde ali o Pai já estava sinalizando o que iris fazer nos próximos dois dias.

Sábado a Tarde.

Sábado a tarde comecei a primeira das quatro vezes que falaria na igreja, esta primeira exclusivamente com a liderança da igreja e de outras igrejas locais. Falei sobre O DESAFIO DE SE EXPOR PARA SER CURADO para cerca de 30 pessoas. Esta é uma mensagem forte e que nos confronta a tomarmos novas atitudes sobre o pecado em nossas vidas, aprendemos que A VERGONHA DA MINHA EXPOSIÇÃO TEM QUE SER MAIOR DO QUE A VERGONHA DO MEU PECADO. Baseado no texto de Lucas 6:6-11 estudamos sobre 3 níveis de desafios e exposição para alcançarmos a cura de certas áreas da nossa vida.

Sábado a noite.

Sábado a noite comecei falando pela primeira vez sobre o Coração Paterno de Deus. O mais interessante é que o tema do aniversário era DE ÓRFÃO A FILHO. Duas tendas foram colocadas no estacionamento da igreja para acomodar a todos porque não caberia dentro do templo. O evento foi bastante divulgado na cidade com carro de som e tudo. Comecei falando sobre 5 feridas na infância que podem contaminar o adulto em nós, Redescobrindo o Pai em Deus e a ferida da orfandade na nação brasileira e consequentemente na igreja Brasileira.

TESTEMUNHOS

Foi tudo maravilhosos o que aconteceu nesse primeiro contato com a igreja toda. Mas esse momento com certeza vou levar para o resto da vida. Pr. Oswaldo de 87 anos, foi um dos pioneiros do evangelho na cidade de Porto Nacional, me procurou no final do culto com os olhos cheios de lágrimas e disse: "Vim de muito longe e mesmo debilitado (ele está em tratamento contra um câncer no intestino, ore por ele) tive a impressão de que tudo o que você falou nessa noite foi para mim". Como assim?! meu coração se encheu de alegria!!! Quem sou eu ? Que experiência eu tenho a mais que esse homem?! Eu é que tenho que aprender com ele! Mas nunca é tarde para aprender a descobrir o PAI no Deus que servimos. Ele compartilhou comigo suas feridas da infância e de como muita coisa fez sentido depois que ouviu sobre a paternidade de Deus.

Domingo de manhã.

No domingo pela manhã seria a minha terceira vez falando a igreja e encerrando sobre Paternidade. Baseado no texto de Lucas 15 (Filho Pródigo), passeamos nessa parábola e vemos 3 personagens com 3 diferentes funções e comportamentos. O pai, o filho pródigo e o filho mais velho. Representando a Deus Pai, o Filho órfão e o filho órfão de dentro (filho mais velho). A igreja compareceu e no final houve um grande mover onde recebemos o abraço tão esperado do nosso Pai!

Testemunho

Esta mulher me procurou antes de começarmos pela manhã, e compartilhou comigo sobre uma ferida de sua infância, e eu ouvi um pouco de sua história. Sem entrar em detalhes Deus me levou a fazer uma única pergunta, que foi suficiente para que tudo fizesse sentido na sua vida. Agora ela entendia muitos dos seus comportamentos e medos. No final ela pediu o microfone e compartilhou sobre a conversa que tivemos e de como ela foi tocada na mensagem. Tudo o que ela pediu foi um abraço de um pai, que foi representado pelo Pr. Oswaldo. Foi um momento de muita cura e emoção que invadiu toda a igreja.

Junta panelas

Neste mesmo dia a igreja se envolveu e cada pessoa trouxe um prato de comida e fizemos um "junta panelas" e tivemos um tempo de bastante comunhão e depois de muito tempo comi um "Peixe do Norte" Obrigado Jesuuuuus!

Domingo a Noite.

Domingo a noite falei pela 4ª e última vez. Encerrei falando sobre missões, e 10 MANEIRAS DE COMO MATAR UM MISSIONÁRIO. Falei sobre todos os desafios e problemas que enfrentamos em missões e de como a igreja pode ser de grande ajuda para nós.

Fotos com as Crianças (chamadas de porororquinhas) e de uma volta em dois pontos da cidade.

Ultimas horas antes de voltar pra casa.

Na segunda de manhã cedo fui convidado para ir em uma chácara de uma irmã da igreja, ali almoçamos, pescamos e descansamos. Pesquei 2 peixes e trouxe 4 pra casa. 3 Tambaqui e 1 Surubim. Além de açaí e Cupuaçu. Faz MUITO tempo que estávamos desejando comer um Tambaqui que é um peixe típico da nossa região, mas aqui no sul é muito difícil de encontrar. Então consegui trazer 3 pra casa sendo que 2 foi pescado por mim! QUE EMOÇÃO CARA!!!!

Vou levar voces no meu coração

Na primeira foto tomando um açaí pra aliviar o forte calor. Na segunda foto com Antônio e Adelaide que foi o casal que me recebeu na sua casa e me tratou tão bem e não deixou nada faltar pra mim e também o irmão Eurico que me pegou e deixou no aeroporto. Na terceira imagem depois do culto de Domingo saindo pra conhecer a cidade com algumas pessoas da igreja. Na última imagem, eu sempre recebi ofertas em envelopes, mas em um cofrinho com balas dentro foi a primeira vez! Muito carinho em todos os detalhes.

Muito obrigado pela oportunidade Porto Nacional, até uma próxima vez!

Created By
Márcio Bastos
Appreciate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.