Uma dança no trânsito

Texto e fotos de Custódio Coimbra

Do excesso de ônibus no Centro à falta deles na Zona Oeste, tudo serve como justificativa. Mas não como explicação para as filas intermináveis, os veículos abarrotados e os engarrafamentos estressantes. Falta planejamento nas empresas, na prefeitura e na gestão do trânsito. A imagem do motorista cansado almoçando no volante não é tão rara quanto parece, muito menos o uso do pneu como banheiro. Sem alternativa, os passageiros se conformam, se apertam, dormem e dançam, num equilíbrio quase impossível pelas ruas do Rio.

Created By
Projeto Colabora
Appreciate

Credits:

Fotos de Custódio Coimbra

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.