Loading

O CURRÍCULO LOCAL: PONTO DE PARTIDA PARA NOVAS APRENDIZAGENS? 2ª edição do Encontro con.Raízes - Crato, 11 de maio de 2019

programa:

09.30h - Sessão de abertura

09.50h - Conferência inaugural “O currículo local: ponto de partida para novas aprendizagens?” - Conferencista: Camões Gouveia

10.30h - Intervalo

10.50h – OPEN TALK "Currículo local e flexibilidade curricular”, com José Carmona e com a participação das professoras bibliotecárias dos Agrupamentos de Escolas dos concelhos envolvidos

12.00h - Workshop “Leitura e património: ligações (im)prováveis” - Dinamizadores: Carlos do Rosário e Teresa Mendes, do Instituto Politécnico de Portalegre

con.Raízes é um projeto dos professores bibliotecários da Rede Interconcelhia das Bibliotecas das escolas dos concelhos de Alter do Chão, Castelo de Vide, Crato, Gavião, Nisa, Marvão e Ponte de Sor que visa promover o conhecimento, a partilha e a divulgação das diferentes manifestações culturais dos seus concelhos.

IMPLEMENTAÇÃO DOS PROJETOS NOS AGRUPAMENTOS
OPEN TALK "Currículo local e flexibilidade curricular”, com José Carmona e com a participação das professoras bibliotecárias dos Agrupamentos de Escolas dos concelhos envolvidos:
  • Alter do Chão: Júlia Sombreireiro
  • Escola Profissional de Alter do Chão: Teresa Ribeiro
  • Castelo de Vide: Fernanda Cunha
  • Crato: Clotilde Soares
  • Gavião: Ana Paula Pio
  • Marvão: Carla Cordeiro
  • Nisa: Fátima Dias
  • Ponte de Sor: Alzira Martins e Paula Reis

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALTER DO CHÃO

"Miquelino e os Turistas"

Alguns passos do nosso trabalho para o projeto con.Raízes!

Trabalho realizado pelos alunos do 10º ano (Humanidades).

Articulação com as docentes de História e Filosofia.

Pesquisas sobre os monumentos.

Elaboração de um texto dramático, filmagens e produção do vídeo.

ESCOLA PROFISSIONAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL DE ALTER DO CHÃO

A maioria dos alunos da EPDRAC não são residentes no concelho de Alter do Chão. Parte deles vêm todos os dias de casa, outros ficam na vila durante todo o ano letivo; dão-lhe vida e movimento, alegram-na, "incomodam-na" por vezes. A preparação do trabalho da EPDRAC para o con.raízes aproximou os nossos alunos da população mais idosa, promoveu a interacção e ajudou a mostrar que quando é preciso, eles "estão lá", interessam-se, conversam, apoiam.

O con.raízes foi um trabalho de equipa com professores de área de agricultura, que englobou as turmas do 8º ano dos CEF de Operador Agrícola e de Tratador e Desbastador de Equinos, na pesquisa e na gravação das peças para elaboração do filme, o 10º ano do curso de Técnico de Produção Agropecuária na limpeza da capela de Stº António dos Olivais e da área circundante e alguns alunos da mesma turma na produção do filme.

O objectivo foi, por um lado, levar os alunos a olhar o património como algo vivo, com uma história para contar, que deve ser preservado. Por outro lado, ajudá-los a olhar "para além" de uma cara enrugada, ajudá-los a aprender a respeitar a idade e as limitações dela advenientes. Ao criar afinidades, criar raízes. Trabalhámos a cidadania através da flexibilidade.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTELO DE VIDE

O Currículo Local foi trabalhado pela Biblioteca Escolar no 6º ano, em articulação com as disciplinas de Português, Educação Visual e Educação Tecnológica; no 8º ano, em articulação com a disciplina de Oferta Complementar que, no nosso Agrupamento, foi denominada “Aprender com a BE” (1 grupo de 4 alunos).

6º ano - Da pesquisa ao 3d

Na disciplina de Português:

  • Património e categorias
  • Monumentos existentes em Castelo de Vide - cada aluno escolheu um para trabalhar
  • Pesquisas em livros, folhetos e na Internet
  • Elaboração de pequenos textos e adivinhas
  • Partilha de todo o trabalho desenvolvido no Padlet, criado para o efeito

Nas disciplinas de EV/ET:

  • Reprodução de alguns monumentos

8º ano - O património arquitetónico de Castelo de Vide passo a passo

Na disciplina de Oferta Complementar:

  • Visita guiada a Castelo de Vide (organizada pela BE e orientada por um guia)
  • Realização de pesquisas sobre os monumentos visitados
  • Elaboração de um jogo de tabuleiro, totalmente idealizado e executado pelas alunas com a supervisão da docente de OC e de elementos da equipa da BE

Partindo do currículo local, os alunos:

  • Trabalharam os conteúdos das disciplinas envolvidas
  • Foram avaliados pelo processo e pelo produto final.

Este projeto proporcionou:

  • Um trabalho integrado das diversas competências presentes no Perfil dos Alunos, das competências essenciais das disciplinas envolvidas e dos valores fundamentais para o exercício da cidadania.

Foi, ainda, pretexto para momentos de trabalho colaborativo entre docentes.

Agrupamento de Escolas do Crato

O Con.Raizes foi apresentado nos Departamentos logo no inicio do ano letivo. Contudo, cabe aqui referir que não foi apenas, aos Departamentos, o presente projeto, todas as propostas de PAA da BE foram. Aqui faz sentido realçar o papel da Direção do Agrupamento que, neste caso, tem um entendimento da dinamica escolar, que promove o papel da BE, querendo-a ver reconhecidamente como um parceiro educativo e cooperante nas diferentes disciplinas e atividades.

Este projeto foi encarado como uma oportunidade de conjugar esforços e ampliar a oferta educativa, pois foi considerado uma possibilidade de tema para DAC.

O DAC, no Agrupamento de Escolas do Crato reveste-se de características singulares e inovadoras, uma vez que estão integrados num projeto que abrange todos os alunos, professores e técnicos, simultaneamente 3 horas semanais. Porque se pretende que os alunos, desta forma, desenvolvam atividades e conhecimentos que respondam aos seus interesses, resolveu-se "alargar" o tema con.Raízes a todo o estudo do Crato, pelo que a oferta DAC passou a chamar-se Crato con.Vida.

O con.Raízes, foi, portanto, desenvolvido no âmbito de um DAC que acolheu um grupo muito heterogéneo de alunos (1º, 2º e 3º ciclo) e que trabalhou por projetos de trabalho que procuraram responder aos interesses dos alunos que, por sua vez, tinham previamente escolhido aquele tema.

Assim foram desenvolvidas pesquisas, visitas, entrevistas, apresentações, maquetas...

Trabalho realizado pelos alunos.

Referir que o trabalho foi desenvolvido por uma equipa de educadores e que continua a ser oferta em DAC o que significa que o património do Crato continua a ser "descoberto" pelos nossos alunos.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GAVIÃO

A BE assume-se, no Agrupamento de Escolas de Gavião, como essencial na construção de aprendizagens e currículos.

Em parceria com áreas de áreas curriculares, de apoio às aprendizagens e desenvolvimento das literacias, auxiliando os alunos nas pesquisas, promove e desenvolve atividades.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARVÃO

As bibliotecas escolares são um espaço educativo integrador de múltiplas literacias e desempenham um papel cada vez mais decisivo de capacitação das crianças e dos jovens que as utilizam, formal ou informalmente.

O projeto Con.raízes foi desenvolvido em parceria com o Clube de Artes e a Biblioteca Escolar: Fizemos visitas de estudo, pesquisámos, lemos, perguntámos, planificámos, desenhámos, construímos, discutimos, concordámos e… por fim, decidimos trabalhar apenas quatro dos muitos monumentos existentes no concelho para vos aguçar a curiosidade de conhecerem esta terra maravilhosa!!

Foram construídas maquetas desses quatro monumentos: Choça, Cidade Romana de Ammaia; Ponte Quinhentista e Castelo

E o resultado final foi o seguinte:

Foi feita pesquisa em livros, internet, folhetos, sobre cada um dos monumentos para apresentar no encontro:

Este projeto revelou-se muito importante pois, com ele os alunos conheceram melhor o seu património local, criaram laços de afetos que os irão levar à necessidade, à vontade e ao prazer de cuidarem, protegerem e divulgarem o que lhes pertence.

O ainda não acabou... este é um projeto em aberto que criou agora as suas raízes.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE NISA

Este é o resultado de um conjunto de atividades em torno do tema PATRIMÓNIO, que reflete a presença das tecnologias, ferramentas e ambientes digitais na aprendizagem.

PÚBLICO-ALVO:

ALUNOS DO 7º ANO (TURMAS A E B)

OBJETIVOS:
  • Estimular o interesse e o gosto pela história e o património local.
  • Incentivar a utilização das novas tecnologias de informação e comunicação.
  • Promover a interdisciplinaridade.
  • Desenvolver diversas formas de expressão.
DISCIPLINAS ENVOLVIDAS:
  • Cidadania e Desenvolvimento
  • Educação Visual
  • História
  • Literacia Digital

Aqui, a biblioteca escolar, ao ser parceira das disciplinas de Cidadania e Desenvolvimento, Educação Visual, História e Literacia Digital contribui para a melhoria e enriquecimento das aprendizagens.

São novas estratégias e atividades currículares... são novas formas de aprender, interagir e comunicar através dos media, em situações de aprendizagem que utilizam as tecnologias e ferramentas digitais, localmente ou online.

ENVOLVIMENTO DA COMUNIDADE:

Participação do arquiteto e Urban Sketcher João Sequeira

Desejamos que o trabalho que aqui apresentámos contribua para promover as diferentes literacias que hoje nos motivam cada vez mais e, em grande medida, influenciam o sucesso da escola e o nosso futuro, neste século XXI.

Apresentação do Projeto no Agrupamento de Escolas do Crato - Escola Prfª Ana Maria Ferreira Gordo

A Biblioteca Escolar lançou o desafio: "Vamos integrar o Projeto Con.Raízes e conhecer o nosso Património Local!"

E surgiram os projetos:

"NÓS E A NOSSA CIDADE" - Grupo de Educação Especial

"PATRIMÓNIO URBANO DE PONTE DE SOR" - 9ºB/C

Desenvolveu-se um trabalho colaborativo entre professores de várias disciplinas (Português, TIC, Educação Visual, Musicoterapia, Matemática,...), Teatro da Terra e Equipa da Biblioteca Escolar.

Os alunos iniciaram o projeto com o reconhecimento da sua cidade, visitando e fotografando os vários pontos de interesse do património local.

O trabalho continuou com a pesquisa e tratamento da informação na Biblioteca Escolar, parceira em todo o processo de implementação do projeto.

Produziram-se muitos e diferentes materiais: puzzle, folheto, canção, peça de teatro, apresentação multimédia, filme, banda desenhada, maquetas, que contribuíram para o desenvolvimento das várias literacias.

A implementação deste Projeto foi, sem dúvida, uma estratégia muito eficaz que permitiu aos alunos superar dificuldades curriculares, melhorar as suas competências nas várias disciplinas envolvidas e nas diferentes literacias. Além disso, o trabalho de grupo proporcionou, no âmbito da cidadania, desenvolver atitudes e valores e ganhar uma maior autonomia.

Ao valorizar o património local reforçamos a nossa identidade e as nossas raízes.

Partilhámos as nossas raízes, ontem dia 10 no auditório do Agrupamento de Escolas do Crato...

Ficámos a conhecer melhor os outros concelhos que integram este projeto...

Created By
con Raízes
Appreciate

Credits:

Created with an image by Scott Webb - "untitled image"

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a copyright violation, please follow the DMCA section in the Terms of Use.