A história da Terra Maria Antunes e Sofia Justo

Tal como existe um calendário anual, também existe um calendário geológico. Este está divido em Eras, que, por sua vez, estão divididas em períodos. Existem 4 grandes Eras: Pré-Câmbrico, Paleozoica, Mesozoica e Cenozoica.

PRÉ-CÂMBRICO (4600 M.a.-542 M.a.)

O Pré-Câmbrico foi o maior intervalo de tempo geológico e o final deste foi marcado pelo o aparecimento de seres multicelulares. Os principais acontecimentos desta Era foram:

-uma grande explosão que originou o Universo

-a formação da crusta e da atmosfera

-a atividade vulcânica muito intensa

-início da formação de mares, nuvens e cadeias montanhosas

-primeiras formas de vida (aparecimentos de bactérias)

Primeiras bactérias

-os seres primitivos começaram a libertar oxigénio

-início do movimento das placas tectónicas

-evolução das primeiras bactérias

PALEOZOICA (542 M.a.-251 M.a.)

A passagem desta Era para a Era Mesozoica foi marcada pelo aparecimento dos organismos com estruturas duras, tais como dentes, ossos, carapaças e escamas que facilitam a fossilização, o que é muito importante pois permite deduzir o passado. Outro fator que diferencia as duas primeiras Eras é a extinção em massa que existiu de uma para a outra. Esta era está dividida em 6 períodos:

Câmbrico (542 M.a.-488,3 M.a.)

-colonização de seres invertebrados nos mares;

-aparecimento de novos organismos (trilobites, corais, peixes mais primitivos e bivalves);

Trilobite

-existiam quatro grandes continentes: Laurentia (centro da América do Norte), Báltica (leste da Europa), Sibéria (oeste da Rússia) e Gondwana (América do Sul, África, Oceânia e Antártida).

Os 4 continentes da Era Câmbrica

Ordovícico (488,3 M.a.-447,7 M.a.)

-diversificação de vida;

-os organismos mais comuns passaram a ser seres vivos com conchas e outros semelhantes a polvos, lulas (cefalópodes) e lampreias;

Cefalópode

-exigiu uma glaciação que matou 55% das espécies referidas acima;

-as plantas mais primitivas iniciaram a colonização dos ambientes terrestres.

Silúrico (443,7 M.a.-416 M.a.)

-os insetos sem asas iniciaram a colonização dos ambientes terrestres;

Insetos sem asas da Era Silúrica

-os pântanos encontravam-se ocupados por plantas muito primitivas;

- foi um período absolutamente rico em matérias orgânicas oriundas do ouro e dos metais.

Devónico (416 M.a.-359,2 M.a.)

-crescimento de pequenas plantas;

-desenvolvimento de peixes (Dipterus);

Peixe Dipterus

-colisão dos continentes europeu e norte-americano.

Carbónico (359,2 M.a.-299 M.a.)

-o clima tornou-se mais quente e húmido, permitindo o crescimento de florestas;

-as plantas libertaram grandes quantidades de oxigénio para a atmosfera;

-os anfíbios evoluirão a partir dos primeiros répteis.

Fóssil de um dos primeiros répteis

Pérmico (299 M.a.-251 M.a.)

-o vulcanismo tornou-se mais intenso

-o choque de um meteorito com a Terra

-o clima tornou-se mais quente

-as plantas libertaram grandes quantidades de oxigénio para a atmosfera

-formou-se a famosa Pangeia

Pangeia

MESOZOICA (251 M.a.-65,5 M.a.)

Foi nesta Era que apareceram os dinossauros além de estes terem desaparecido mais tarde, pensa-se que, por um cometa ou astroide ter atingido a superfície terrestre. O seu final foi marcado por uma nova extinção em massa que, segundo alguns cientistas, se deveu ao impacto de um grande meteoro que teria causado uma drástica mudança no clima extinguindo os dinossauros. Esta era está dividida em 3 períodos:

Triássico (251 M.a.-199,6 M.a.)

-condições quentes e secas

-desenvolvimento das gimnospérmicas (plantas sem flor, em que se incluem os pinheiros) e dos répteis

Exemplos de algumas gimnospérmicas

-aparecimento dos mamíferos (mas estes mantiveram um tamanho reduzido)

-exitinção provavelmente causado pelo intenso vulcanismo (transição para o período Jurássico)

Jurássico (199,6 M.a.-144,5 M.a.)

-expansão dos dinaussauros e dos restantes répteis

-aparecimento das primeiras aves (os fósseis de Archaeopteryx têm as primeiras evidências de penas)

Fóssil de Archaeopteryx

Cretácico (144,5 M.a.-65,5 M.a.)

-os répteis eram dominantes

-desenvolvimento dos mamíferos

-aparecimento das plantas com flores

Primeiras plantas com flor

CENOZOICO (65,5 M.a.-Atualidade)

É na Era Cenozoica que nos encontramos. Esta foi marcada pela expansão dos mamíferos (por exemplo cavalos e tigres) e pelo aparecimento dos primeiros ancestrais da nossa espécie (Homens pré-históricos).

Paleogénico (65,5 M.a.-23 M.a.)

-proliferação (expansão) de plantas com flor

-os mamíferos tiveram um grande desenvolvimentos e os animais de grande porte entraram em extinção

Mamífero do Paleogénico

-a disposição dos continentes estava quase como na atualidade

-o clima era instável

Neogénico (23 M.a.-1,8 M.a.)

-evolução dos primeiros ancestrais do Homem

Primeiro ancestral do Homem

-desenvolvimento de grandes cadeias montanhosas (Apes, Andes e Himalaias)

-formação das carlotas de gelo polares

-o clima e a vegetação eram idênticos aos da atualidade

Quaternário (1,8 M.a.-Atualidade)

-aparecimento da espécie humana

-redução da temperatura o que influenciou a fauna e a flora

-4 períodos de glaciação

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.