5 maneiras de sobreviver a uma gravidez no verão As maravilhas do verão trazem também seus desconfortos. veja como passar saudável pela estação que desafia as gravidinhas...

Ahhh, o verão...sol, mar, dias mais longos, cabelo ao vento...Opa! Espere aí. Será que para nós grávidas é tão bom assim?

Sim, o verão é a estação das férias, roupas leves, praia, sorvete, alegria, enfim. Mas para nós, grávidas, ele traz alguns desconfortos da estação que nos afetam mais do que às pessoas "normais"... Desidratação, inchaço, falta de ar e por aí vai. Vamos ver o que podemos fazer para tornar nossa passagem (e a do barrigão) por esse período mais leve:

Desconforto #1: Você se desidrata - No verão a transpiração se intensifica para manter a temperatura corporal estável. Quando você entra e sai de ambientes refrigerados também causa um impacto no seu corpo.

Dica "quente": Beba mais água do que você acha que precisa. Desidratação pode causar problemas tais como queda de pressão até parto prematuro, então é REALMENTE importante beber água até mais que o suficiente. Sente enjoo ao beber água? Alterne com sucos, águas saborizadas, etc. Só cuidado com chás; melhor consultar seu obstetra antes.

Desconforto #2: Não dá pra ficar ao ar livre - Provavelmente o conselho que você mais vai ouvir é praticar alguma atividade física, de preferência caminhada. Mas neste calor, tudo o que você quer é ficar colada ao sofá, de preferência com o aparelho de ar condicionado ligado no máximo (não é culpa sua; é mais agradável mesmo...rs). Mas lembre-se: se mexer pode reduzir dores e incômodos durante a gravidez; além de fazer bem pro bebê.

Dica "quente": Procure algo que te deixe confortável. Eu me encontrei no RPG combinado com drenagem linfática, que no final da gestação é uma grande ajuda para reduzir o inchaço. Outra coisa que faria seria a hidroginástica. Enfim, algumas opções estão disponíveis para te tirar desse sofá... ;o) Ah! Se puder fazer um pacote de sessões pré pagas é melhor ainda; não há maior motivação do que saber que já pagou pelas aulas.

Desconforto #3: Suas roupas leves não cabem mais - Tá, tudo bem, é muito legal fazer compras, especialmente de roupas. Mas pode ser um desperdício de dinheiro sair comprando looks de gestante que daqui a poucos meses não terão mais uso. Talvez nem para a sua próxima gravidez, uma vez que moda muda, você enjoa, etc, etc...

Dica "quente": Compre peças chave, como por exemplo, leggings, jeans com cós de elásticos, batas. Mas busque aproveitar ao máximo as roupas que você tem, fazendo adaptações. Malhas e bermudas e calças com elástico na cintura também poderão ser utilizados após a gravidez. Existem também extensores de cós que te permitem usar aquelas calças, saias ou bermudas ao longo da gravidez. Estou na 27ª semana e tem dado certo.

Desconforto # 4: Falta de ar e acessos de calor - Esses não são exclusivos do verão, mas parece que na estação eles se intensificam. Você vai perceber que quanto mais avança na gravidez, mas eles aparecem. Isso deve-se à pressão que o útero vai exercendo sobre o diafragma e também ao aumento de peso. Por outro lado, há mais sangue em circulação devido aos hormônios, gerando dilatação de vasos sanguíneos para assegurar que o oxigênio e nutrientes cheguem apropriadamente ao bebê.

Dica "quente": Melhore a postura, encontre algum exercício de relaxamento, se possível, deitando de barriga pra cima com as pernas flexionadas e a planta dos pés no chão. Realize pequenas refeições ao longo do dia ao invés das "três grandes". Estômago menos cheio, menos desconforto. Para dormir, tente elevar mais a cabeceira com ajuda de almofadas ou colocando um edredom embaixo do seu travesseiro.

Desconforto #5: Ter que sair à rua - Se você é uma gestante que trabalha fora de casa, não tem como evitar sair todos os dias. Se não tem essa obrigação diária, pelo menos algumas vezes por semana tem algo a fazer na rua, seja um mercado, consulta médica, etc. Mas com o sol a pino, fica difícil ter que expor o barrigão confortavelmente.

Dica "quente": Tente organizar seu dia previamente de forma que marque seus compromissos para o início da manhã ou final da tarde, onde o calor é mais tolerável. Se trabalha em horário onde o sol já está forte, tente sair de casa mais cedo e voltar mais tarde. Quem sabe nessa horinha que sobra, você consegue encaixar um tempinho para se exercitar perto do trabalho fazendo aquela hidro que seu obstetra tanto recomendou? ;o)

Bebeskinhos

Credits:

Bebeskinhos

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.