Loading

Quarto Domingo do Tempo Comum Ano B — São Paulo, 28 de janeiro de 2018

Prelúdio

Aclamação [Todos]

Que nesta manhã

a tua graça nos sensibilize

diante das belezas da vida,

das carícias do amor

e da singeleza da amizade!

Que a liberdade do amor,

qual lâmpada divina,

conduza nossos passos!

Hoje e sempre. Amém

Cântico “Logo de Manhã” [223, TD]

Logo de manhã, quero te buscar,

tua voz ouvir, teu amor sentir

e estender as mãos para te louvar

derramar meu coração sobre teu altar.

Pois tu sabes bem tudo quanto há em mim;

que vou te seguir e te amar até o fim.

E no fim do dia, quando o sol se for,

te adorarei, te darei louvor;

mesmo escura a noite, brilha a tua luz

e em teus braços eu descanso, meu Senhor Jesus.

Oração [Dirigente]

Leitura do Salmo 111

Aleluia!

De todo o coração renderei graças ao Senhor,

na companhia dos justos e na assembleia.

Grandes são as obras do Senhor,

consideradas por todos os que nelas se comprazem.

Em suas obras há glória e majestade,

e a sua justiça permanece para sempre.

Ele fez memoráveis as suas maravilhas;

benigno e misericordioso é o Senhor.

Dá sustento aos que o temem;

lembrar-se-á sempre da sua aliança.

Manifesta ao seu povo o poder das suas obras,

dando-lhe a herança das nações.

As obras de suas mãos são verdade e justiça;

fiéis, todos os seus preceitos.

Estáveis são eles para todo o sempre,

instituídos em fidelidade e retidão.

Enviou ao seu povo a redenção;

estabeleceu para sempre a sua aliança;

santo e tremendo é o seu nome.

O temor do Senhor é o princípio da sabedoria;

revelam prudência todos os que o praticam.

O seu louvor permanece para sempre.

Hino “Um Hino ao Senhor” [TD, 108]

As grutas, as rochas imensas,

Dos mundos o grande esplendor

Proclamam, bem alto, constantes,

Um hino ao teu nome, Senhor!

Nos céus, e no mar, e na terra,

Nos bosques, nos prados em flor,

No fragoso alcantil,

Na amplitude celeste,

Um hino ressoa ao Senhor.

No céu, as estrelas brilhantes,

Dos mares o grande fragor,

E as brisas entoam, ridentes,

Um hino ao teu nome, Senhor!

As aves alegres, na mata,

Por entre as ramagens em flor,

Exultam, em coro, cantando

Um hino ao teu nome, Senhor!

E tu, pecador, que vagueias,

Que fazes ao teu Criador?

Não achas momento em que cantes

Um hino de glória ao Senhor?

Leitura do Salmo 119,105 –112

Lâmpada para os meus pés é a tua palavra

e, luz para os meus caminhos.

Jurei e confirmei o juramento

de guardar os teus retos juízos.

Estou aflitíssimo;

vivifica-me, Senhor, segundo a tua palavra.

Aceita, Senhor, a espontânea oferenda dos meus lábios

e ensina-me os teus juízos.

Estou de contínuo em perigo de vida;

todavia, não me esqueço da tua lei.

Armam ciladas contra mim os ímpios;

contudo, não me desvio dos teus preceitos.

Os teus testemunhos, recebi-os por legado perpétuo,

porque me constituem o prazer do coração.

Induzo o coração a guardar os teus decretos,

para sempre, até ao fim.

Oração Silenciosa

Oração Audível de Confissão de Pecados

Leitura

Louvem a Deus, o Senhor, todas as nações!

Que todos os povos o louvem!

O seu amor por nós é forte,

e a sua fidelidade dura para sempre. Aleluia! Salmo 117 — NTLH

Hino “Ele é Exaltado” [TD, 128]

Ele é exaltado, o Rei é exaltado nos céus,

Eu o louvarei.

Ele é exaltado, pra sempre exaltado,

Seu nome louvarei.

Ele é o Senhor, sua verdade vai sempre reinar.

Terra e céus glorifiquem seu santo nome.

Ele é exaltado, o Rei é exaltado nos céus.

Ele é exaltado, o Rei é exaltado nos céus.

Culto Infantil

Leitura de Marcos 1,21–28

Depois, entraram em Cafarnaum, e, logo no sábado, foi ele ensinar na sinagoga. Maravilhavam-se da sua doutrina, porque os ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas. Não tardou que aparecesse na sinagoga um homem possesso de espírito imundo, o qual bradou: Que temos nós contigo, Jesus Nazareno? Vieste para perder-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus! Mas Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te e sai desse homem. Então, o espírito imundo, agitando-o violentamente e bradando em alta voz, saiu dele. Todos se admiraram, a ponto de perguntarem entre si: Que vem a ser isto? Uma nova doutrina! Com autoridade ele ordena aos espíritos imundos, e eles lhe obedecem! Então, correu célere a fama de Jesus em todas as direções, por toda a circunvizinhança da Galileia.

Mensagem — Rev. Marcelo Smargiasse

Oração Final

Bênção

Poslúdio
Created By
Marcelo Smargiasse
Appreciate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.