Loading

PRIMEIRA CAPA A PRETO E BRANCO

Em 2012, Cláudia Borges foi a convidada para a entrevista de capa da revista The Place. Após o briefing por parte da /O2, empresa que produzia a revista do Holmes Place, apercebi-me que pretendiam imagens mais dinâmicas e com movimento além das fotografias convencionais que teríamos de realizar. Preparei o set de iluminação no estúdio a contar com uma sessão que exigiria um alto nível de concentração para obter as imagens pretendidas. Optei por fotografar com a Canon EOS 1D Mark II pois necessitava de uma camara que fosse rápida entre disparos e fiável na focagem automática. Esta camara com apenas 8 megapixels é uma das minhas favoritas pois é um excelente compromisso entre qualidade/performance. E sim, nem tudo são megapixels!!!

Não sou o fotógrafo que faz dez mil disparos para ter uma boa fotografia, normalmente limito-me a observar, esperar e antecipar o momento certo para efectuar o disparo. Este método requer concentração e saber ao certo o tipo de imagem que se pretende. Quanto mais disparamos, mais desconcentrados ficamos e mais dor de cabeça iremos ter na escolha e edição das imagens.

Fotografar a Cláudia Borges é um privilégio pois pertence ao grupo restrito de pessoas que nos dão logo no primeiro disparo uma excelente imagem. Aparentemente estariam reunidas todas as condições para obter umas excelentes imagens mas a Cláudia ia estar em movimento no set, o que exige da minha parte uma adaptação aos timings de quem fotografo.

Esta foi a primeira capa que fotografei a preto e branco e, quero agradecer à /O2 e ao Holmes Place pela ousadia pois em 2012, em Portugal, era quase impossível tal acontecer no mundo das publicações.

Mais tarde viria a fotografar a Cláudia Borges para o meu projecto online a M my magazine. Deste projecto foi publicado o livro The Monochrome Edition, a versão a preto e branco de algumas das sessões fotográficas realizadas para a M my magazine. A fotografia escolhida para a capa do livro foi a da Cláudia pois é uma imagem que reúne grande parte do conceito deste projecto. Mais uma vez o meu obrigado Cláudia e até uma próxima sessão…