Loading

Street art: a pandemia pelas paredes do mundo

São vários os artistas de rua que, em tempo de confinamento, pincelam as paredes em apoio ao trabalho dos profissionais de saúde e com mensagens ou artes de esperança.

Almaty, Cazaquistão | 5 de maio | REUTERS / Pavel Mikheyev
Glasgow, Inglaterra | 28 de abril | REUTERS / Russell Cheyne
Pelo artista Rebel Bear | Glasgow, Escócia
Shoreditch, Londres, Grã-Bretanha | 21 de abril | REUTERS / Henry Nicholls
Shoreditch, Londres, Inglaterra | 10 de maio | REUTERS/Henry Nicholls
Pontefract, Inglaterra | 1 de maio | REUTERS / Lee Smith
Madri, Espanha | 3 de maio | REUTERS / Juan Medina
Pelo artista FAKE | Amesterdão, Páises Baixos | Paulo Amorim/NurPhoto via Getty Images
Milan, Italy | Emanuele Cremaschi/Getty Images
Pelo artista Lionel Stanhope | Londres, Inglaterra | 1 de maio | REUTERS/ Simon Dawson
Dublin, Irlanda | 21 de abril | REUTERS/ Jason Cairnduff
Liverpool, Inglaterra | PAUL ELLIS/AFP via Getty Images
Whitstable, Grã-Bretanha | 10 de abril | REUTERS / Peter Cziborra
Chicago, Illinois | 21 de abril | REUTERS / Shannon Stapleton
Pela artista Rachel List | Pontefract, Inglaterra | 6 de abril | REUTERS/ Lee Smith
Sale, Grã-Bretanha | 11 de abril | REUTERS / Phil Noble
Manchester, Inglaterra | 4 de maio | REUTERS / Phil Noble
Pontefract, Inglaterra| OLI SCARFF/AFP via Getty Images
Pelo artista Kai 'Uzey' Wohlgemuth | Hamm, Alemanha| INA FASSBENDER/AFP via Getty Images

Apesar de não serem conhecidos os autores de todos os trabalhos, os artistas que os elaboraram não ficaram parados e transmitiram a sua mensagem através da tela que melhor conhecem.

Fonte: Reuters e Insider