Uma Educação que entenda o jovem Autor Conteudista: Neide Arruda

Módulo Único

Agora, faça uma reflexão sobre o assunto abordado no vídeo: Educomunicação

O que é Educomunicação?

“ Um conjunto das ações inerentes ao planejamento, implementação e avaliação de processos, programas e produtos destinados a criar e a fortalecer ecossistemas comunicativos.” (SOARES, 2011, p.44)

Por que trabalhar com Educomunicação?

Por uma educação que entenda o jovem. De acordo com Soares (2011), há uma falsa dicotomia entre os jovens das escolas públicas/ privadas. É necessária uma escola que entenda o jovem e esteja aberta ao diálogo com a comunidade. Os desafios são muitos: escola que tenha sentido para os jovens, profissionais qualificados e educação integral com qualidade.

Qual é o panorama atual do ensino no Brasil, segundo Soares (2011) ?

Grande parte dos jovens não conclui o ensino médio (Evasão escolar) por motivos de :

40% - desinteresse pela escola (15 a 17 anos)

27% - necessidade de trabalhar

10,9% - dificuldade de acesso à escola

22,1% - outros motivos

Por que os jovens não se interessam pela escola?

O momento dos jovens – mentes e corações estão voltados para outros assuntos como: descobertas pela sexualidade; realidade virtual – internet; dilemas do conflito de gerações em casa; possibilidade de ter contato com drogas; vontade e possibilidade de ganhar dinheiro. Conclusão: a escola está distante dos jovens, pois as disciplinas não contextualizam estas situações de forma integrada e prática.

De que precisa a escola então?

De um Projeto de Educação que tenha como objetivo: inserir-se no cotidiano de seus estudantes; caminhar no mesmo ritmo que o mundo que os cerca; escutar e entender o jovem; acompanhar as transformações do mundo moderno e virtual (novas tecnologias).

Quais as Contribuições da Educomunicação ?

A Educomunicação melhora a qualidade de ensino; reaproxima os jovens da escola e aproxima a escola da comunidade.

Qual é o objetivo da Educomunicação?

Soares (2011, p. 45) afirma que o objetivo da Educomunicação é “Produzir comunicação canalizando as habilidades já evidentes para a produção de mídia de qualidade, marcada pela criatividade, motivação, contextualização de conteúdos, afetividade, cooperação, participação, livre expressão, interatividade e experimentação em prol da aplicação na comunidade.”

Qual é a origem do termo Educomunicação?

A partir de 1980, na Europa, cria-se o termo Media Education (Educação para a recepção crítica dos meios de comunicação) pela Unesco, Media Literacy nos E.U.A .; Educación em Medios na Espanha; Educación para la Comunicación na América Latina. No Brasil, há o projeto LCC-Leitura Crítica da Comunicação desenvolvido pela União Cristã Brasileira de Comunicação (UCBC), contando com colaboradores da ECA-USP e do Instituto Metodista de SBC.

O que é Ecossistema Comunicativo?

Termo usado para designar as teias de relações das pessoas que convivem nos espaços onde esses conjuntos de ações (práticas educomunicativas) são implementados. (SOARES, 2011)

Quais qualidades devem fazer parte das ações Educomunicativas?

Soares (2011, p. 52) afirma que a Educomunicação possui as seguintes qualidades:

  • Inclusiva – nenhum membro da comunidade pode se sentir fora do processo;
  • Democrática – igualdade entre as pessoas envolvidas;
  • Midiática – mediações possibilitadas pelos recursos da informação;
  • Criativas – sintonizadas com toda forma de manifestação da cultura local;

Quais as dificuldades ao implantar a Educomunicação no ambiente escolar?

Resistência às mudanças nos processos de relacionamento no interior de boa parte dos ambientes educativos, reforçada por outro lado, pelo modo disponível da comunicação vigente, que, prioriza, de igual forma, a mesma perspectiva hegemonicamente verticalista na relação entre emissor e receptor. (SOARES, 2011)

Quais são as exigências para a construção da Educomunicação?

Racionalidade estruturante: clareza conceitual; planejamento; acompanhamento; avaliação; e Pedagogia específica, pedagogia de projetos voltada para o diálogo educomunicativo, em condições de prever formação teórica e prática para que as novas gerações tenham condições de construir espaços de cidadania pelo uso comunitário e participativo dos recursos da comunicação e da informação. (SOARES, 2011, P. 56)

Quais as responsabilidades e decisões dos Gestores públicos quanto à Educomunicação?

Reconhecimento do princípio da Educomunicação; Oferta de formação para os educadores e para os estudantes; Oferta de infraestrutura/suporte técnico; Apoio à produção midiática colaborativa de educadores e educandos. (SOARES, 2011, p. 58)

Created By
Maria Beatriz Cruz
Appreciate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.