Loading

Projeto "ViajARTE" BiBLIOTECA ESCOLAR DO AGRUPAMENTO N.º2 DE ABRANTES

VIAJARTE é o nome do projeto que constituirá o tronco comum a todo o trabalho que se irá desenvolver nas diferentes turmas. Este desenvolver-se-á na biblioteca escolar, sala de aula e espaços exteriores (auditório Calouste GulbenKian, Museus, Galeria de arte, Parque Tejo ...) Terá por base uma metodologia de projeto, onde o processo prevalecerá o produto.

Todos os momentos serão delineados de forma partilhada e cooperada pela professora bibliotecária, professoras de turmas e professores de Expressões Artísticas.

A Biblioteca Escolar é hoje referenciada como uma estrutura fundamental nos Agrupamentos Escolares com vista à promoção da qualidade e do sucesso educativo. Como este processo de ensino-aprendizagem é um ponto de referência para o incentivo de novos e inovadores métodos de ensino-aprendizagem, Projeto de Autonomia e Flexibilidade, em que os recursos e fundo documental são articulados com os conteúdos programáticos de modo a possibilitar a aprendizagem autónoma e o desenvolvimento das competências leitoras.

REFERENCIAL APRENDER COM A COM BIBLIOTECA ESCOLAR

DAC / BIBLIOTECA ESCOLAR / PORTUGUÊS / MATEMÁTICA / ESTUDO DO MEIO / EXPRESSÕES ARTÍSTICAS

REFERENCIAL (ÁREA A e C): Literacia da Leitura e da Informação

NÍVEL DE ENSINO: 1º Ciclo - 1.º e 2.º anos de escolaridade

ENQUADRAMENTO: Atividade do catálogo de histórias (https://aquimoramhistorias.blogspot.com/) desenvolvida pela professora bibliotecária em articulação com o docente titular de turma.

«Quando vejo uma obra de arte, algo acontece no meu coração.» Uma menina dança e rodopia pelas salas de um museu. Ela sente que está a viver uma aventura fantástica. Cada obra de arte provoca algo de novo dentro de si: divertimento, curiosidade, alegria, inspiração. Quando se encontra diante de um quadro em branco, ela é levada a criar e a expressar-se - que é o maior sentimento de todos. Com notáveis ilustrações de Peter H. Reynolds, O Museu capta, de uma forma brilhante, as muitas emoções que nos são transmitidas pelo poder da ARTE.

ESTRATÉGIAS/TAREFAS

1.º Momento (na biblioteca)

Com uma metodologia baseada no jogo, pretendeu-se desenvolver a conceção e articulação do texto com a imagem, o gosto estético e artístico e competências analíticas e de compreensão. Esta abordagem facilitou a aproximação à leitura .

Porquê... ARTE?

"A ARTE FAZ PARTE DO NOSSO QUOTIDIANO E É INTRÍNSECO AO SER HUMANO"

A ARTE é uma manifestação de tudo o que vemos e vivemos. É muito difícil, se não impossível, entender e interagir com o mundo, se não convivermos com a ARTE.

Há muitas formas de arte...O teatro, a música, a dança, a escultura, a fotografia.....

- Hoje vamos só falar de Pintura!

A partir da obra de Eric Carle "O artista que pintou um cavalo azul", este livro é uma homenagem a Franz Marc, artista que resolveu pintar os cavalos de azul, não para criar uma cena da vida real, mas para expressar a força e energia dos animais, de que ele tanto gostava, utilizando cores fortes. ( Os grandes cavalos azuis 1911)

Os alunos do 1.º ano foram convidados a desenhar e a pintar um animal à sua escolha...Surgiram animais fantásticos...

Pretende-se colocar os alunos em contacto com obras de arte, de diversas formas. Manuseamento de livros, visualização de vídeos, ida aos museus da cidade, Galeria de Arte, Fundação Calouste Gulbenkian, Exposição de Serralves...introduzindo a obra de arte na sala de aula.

Visando um contacto mais próximo com diversas obras de Arte, biografias de pintores e espaços culturais, proporcionando aos alunos o desenvolvimento da capacidade de contemplar e de descrever uma obra de arte e de verbalizar emoções e impressões acerca das obras contempladas. Por outro lado, pretende-se também desenvolver no aluno a capacidade de analisar uma obra de Arte e formular um juízo crítico.

Os alunos do 2 º ano da EB Nº 2 de Abrantes, falaram sobre a vida e obra de Van Gogh, porque tinham curiosidade em saber porque o pintor cortou a sua orelha ...

Pesquisaram sobre a vida e obra do pintor... descobriram que Van Gogh gostava de pintar Girassóis, adorava a sua cor amarela e acreditava que esta representava felicidade e amizade. A sua pintura era tão expressiva que lhe chamaram "Expressionismo".

No final reproduziram um dos seus quadros mais conhecidos "Doze girassóis numa jarra"

Finalmente surgiu o trabalho final!

Toda a criança é artista.

Pablo Picasso

Os alunos do 2.º ano de Rio Moinhos pesquisaram sobre o pintor escolhido Leonardo da Vinci.

Como não tínhamos Internet a pesquisa foi feita só em livros....

Leonardo da Vinci interessava-se por tudo. Destacou-se como cientista, matemático, engenheiro, inventor, anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta e músico. É considerado um dos maiores pintores de todos os tempos.Leonardo era, como até hoje, conhecido principalmente como pintor. Mona Lisa também conhecida como A Gioconda (em italiano: La Gioconda, "a sorridente") é a mais notável e conhecida obra de Leonardo da Vinci, um dos mais eminentes homens do Renascimento italiano.

"Mona Lisa"

Quase terminada....

Terminada e com um sorriso misterioso...

Os alunos da turma B do 2.ºano da EB Chainça pesquisaram sobre avida e obra do pintor russo Wassily Kandinsky. este pintor desenvolveu um estilo de pintura abstrata, ele não pintava nada real, mas sim com base na cor e na forma. Ele dizia que olhar para as cores o fazia ouvir sons musicais. Gostava de ouvir música enquanto pintava.

Os alunos reproduziram um dos seus quadros.

Eis o que nasceu das mãos dos nossos pequenos artistas....

Os alunos da turma A do 2.ºano da EB Chainça pesquisaram sobre JacKson Pollock, outro pintor muito famoso que pintava os seus quadros de uma forma muito original- andava por cima das telas com baldes de tinta e, de uma forma artística, deixava cair salpicos.

Os alunos experimentaram...divertiram-se...riram...e...criaram esta tela, que ficou muito bonita!

Os alunos da turma do 2.ºano da EB António Torrado pesquisaram sobre a vida e obra da pintora Maria Lucília Moita. Esta pintora nasceu em Alcanena, em 1928. Fixou-se em Abrantes quando constituiu família. A pintura foi a sua profissão. Além de pintora foi diretora do Museu Dom Lopo de Almeida em Abrantes. Escreveu poesia editando vários livros. Doou parte dos seus quadros e desenhos, sobre a sua vida e obra ao Município de Abrantes. Esta doação está destinada a integrar o futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes. Morreu em Abrantes a 22 de agosto de 2011, aos 82 anos.

Os alunos tentaram reproduzir "De um Olival"

O mais importante na vida é ser-se criador, criar beleza.

António Botto

«De um Olival»

Os alunos da turma do 2.ºano da EB do Tramagal pesquisaram sobre a vida e obra de um dos mestres portugueses da pintura - Júlio Pomar...autor de pinturas, desenho, cerâmica e gravura.

Júlio pomar nasceu em Lisboa em 1926 e vendeu o seu primeiro quadro aos 16 anos, Saltimbanco, a Almeida Negreiros, e aos 19 anos uma das obras mais conhecidas Gadanheiro.

Júlio Pomar morreu a 22 de maio de 2018, tinha 92 anos, deixou para trás e para quem cá fica uma fundação com o seu nome, um Atelier- museu e uma vasta obra, reflexo da sua resistência e da liberdade que encontrou no traço do pincel.

Deve-se ao Presidente Mário Soares o gesto de renovar a galeria de retratos, ao encomendar o seu a Júlio Pomar.

Júlio Pomar é um pintor rebelde, mergulhado numa reflexão produtiva sobre a arte do século XX

Os alunos reproduziram uma das suas obras:

Aqui fica o resultado final:

Fantástico!

Os alunos da turma do 2.ºano da EB de S. Miguel do Rio Torto pesquisaram sobre a vida e obra de Claude Monet.

Claude Monet é o principal e mais dedicado representante do movimento Impressionista. Sempre preferiu a pintura ao ar livre, não importando as condições climáticas, com a finalidade de capturar todos os efeitos da natureza. No início de sua carreira foi incompreendido, especialmente por sua família, resultando em dificuldades financeiras por anos. Somente por volta dos 40 anos de idade começou a vender seus quadros, morreu como um artista rico e consagrado.

Os alunos reproduziram um dos seus quadros: Os Nenúfares, também conhecidas como ninféias, ficaram famosas ao se tornaram tema principal da última fase da obra de Claude Monet.

Havia algum tempo, o pintor planeava criar um grande jardim aquático com essas plantas. Assim quando construiu seu exuberante jardim em Giverny, não hesitou em cultivar essas exóticas nenúfares importadas do Japão. Monet acompanhava a sua evolução na água, o reflexo e tudo o que ali se desenvolvia, que, pouco a pouco ele guardou em forma de pinturas em seus quadros.

"Jardim de Nenúfares..."

Aqui fica um bonito Jardim de Nenúfares

Todos os alunos do 1.º ano de escolaridade, trabalharam Joan Miró (1893-1983) um importante pintor, gravador, escultor e ceramista espanhol. Um criador de formas, figuras coloridas, imaginárias e símbolos próprios formados por manchas e por linhas carregadas que caracterizou toda a sua obra. Os traços podem parecer rabiscos, asteriscos ou bolinhas, mas provavelmente são estrelas, pássaros ou mulheres, os três temas presentes, nas suas obras, ao longo de todo o seu percurso.

1.º Ano de S. Miguel

Os alunos irão reproduzir "O Olhar"

Os alunos são verdadeiros artistas!!!

1.º Ano Tramagal

Quase terminada...

Terminada...Ficou muito bem!

1.º Ano Rio Moinhos

"Azul II"

1.º Ano N.º2 de Abrantes

"O ouro do Firmamento"

A Professora Cândida está tão entusiasmada como os seus alunos....

Eis o resultado final!

1.º Ano António Torrado

"A Asa da Calhandra cercada de Azul-Dourado junta-se ao Coração da Papoila que dorme no Prado de Diamantes"

Os alunos no dia de reproduzir a pintura de Miró, escolheram outra...

"Sem Título"

Terminado!

1.º B Chainça

"Personagem, estrela"

Como a Biblioteca estava ocupada, os alunos terminaram a sua tela no jardim. Foi divertido!

Eis o resultado final:

1.º A Chainça

"O nascimento do Dia"

Os pormenores terminados no jardim da nossa biblioteca...

Finalmente a nossa obra prima...

Visitas ao exterior: Museu Dom Lopo de Almeida

Museu Duarte Ferreira, Tramagal

Os alunos do 2º ano de escolaridade das escolas de Chainça, Nº 2 de Abrantes, Rio de Moinhos e S. Miguel, deslocaram-se a Lisboa, no dia 8 de novembro, a convite da Fundação Calouste Gulbenkian assistir a um concerto comentado da música de Beethoven. Toda a informação sobre o concerto, obras e seus interpretes foi trabalhado em sala de aula com os professores de Expressões artísticas.

Na visita ao Parque Tejo, os alunos foram convidados a observar uma Exposição de Serralves, macrofotografia, sobre a biodiversidade, associada a duas oficinas sensoriais. Foram confrontados com a diversidade de cores, aromas, formas e texturas da fauna e flora.

Os alunos foram convidados a fazer uma salamandra e a colocá-la numa toca: foi um momento muito divertido!

No final todos os alunos fizeram a avaliação desta visita:

Os alunos do 1º e 2º ano de escolaridade das escolas de António Torrado e Tramagal, deslocaram-se a Lisboa, no dia 21 de fevereiro, a convite da Fundação Calouste Gulbenkian assistir a um concerto comentado da música de Johannes Brahms, Béla BartóK, Antonín Dvorák e Alexander Borodin. Toda a informação sobre o concerto, obras e seus interpretes foi trabalhado em sala de aula com os professores de Expressões artísticas.

Começamos por almoçar no Parque das Nações, num ambiente de camaradagem e boa disposição...

No auditório da Gulbenkian, prontos para assistir ao concerto

No final do concerto, as luzes acenderam-se e saímos da sala de forma ordenada e de coração cheio....

Os alunos do 2.º ano do Tramagal registaram a visita:

Os alunos do 1.º ano de escolaridade das escolas de Chainça, N.º2 de Abrantes, Rio de Moinhos e S. Miguel do Rio Torto, deslocaram-se a Lisboa, no dia 9 de maio de 2019, a convite da Fundação Calouste Gulbenkian assistir a um concerto comentado da música de Richard Wagner: O Navio Fantasma ,Felix Mendelssohn: Fingal’s Cave, Antonin Dvórak: Bosques Silenciosos e Bedrivh Smetana: Die Moldau. Toda a informação sobre o concerto, obras e seus interpretes foi trabalhado em sala de aula com os professores de Expressões artísticas.

No Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, à espera...mas bem dispostos e divertidos...

"Em pequenos todos temos uma pontinha de génio!"

Eça de Queirós

1.º ano da EB António Torrado - Miró
1.º A da EB Chainça - Miró
1.º B da EB Chainça - Miró
1.º ano da EB N.º2 de Abrantes - Miró
1.º ano da EB Rio de Moinhos - Miró
1.º ano da EB S. Miguel do Rio Torto - Miró
1.º ano da EB Tramagal - Miró
2.º ano da EB Ant. Torrado - Maria Lucília Moita
2.º A da EB Chainça - Pollock
2.º B da EB Chainça - Kandinsky
2.º ano da EB N.º2 de Abrantes - Vicent Van Gogh
2.º ano da EB Rio de Moinhos -Leonardo da Vinci
2.º ano da EB S. Miguel - Claude Monet
2.º ano da EB Tramagal - Júlio Pomar

Participantes:

Professores 1º ano de escolaridade:

Cândida Morgado, Cristina Carias, Filomena Castanho, Giraldina Leitão, Luísa Lopes, Margarida Machado e Sónia Maroco.

Professores do 2.º ano de escolaridade:

Cristina Lopes, Dulce Leitão, Fátima Horta, Goreti Leitão, Lídia Falcão, Paula Lourenço e Paula Santos.

Professores de Expressões artísticas: João Grácio, Luísa Fernandes e Luísa Niza.

Professora Bibliotecária: Maria Henriqueta Cardoso.

Colaboradores: Agrupamento de Escolas n.º2 de Abrantes e Câmara Municipal de Abrantes.

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a copyright violation, please follow the DMCA section in the Terms of Use.