AprimoramentoSexual Coaching de sexualidade

“O Sexo está na raiz da vida, e não podemos aprender a ter reverência pela vida até que aprendamos a ter reverência pelo sexo.”

- Havelock Ellis

INTRODUÇÃO

Trata-se de um material desenvolvido a partir das observações e experiências do autor, durante as atuações terapêuticas individuais e em grupo, com o objetivo de orientar e trazer benefícios para a saúde sexual além de orientar homens e mulheres a prolongar a relação atingindo níveis de intenso prazer com técnicas e exercícios apresentados de forma clara e objetiva em uma linguagem simples e prática.

Jivan Pramod explica como o processo de preliminares influência no preparo para o ato sexual dando importância desde o olhar, o toque, atravessando as experiências olfato-gustativas para alcançar intensos e múltiplos orgasmos.

“A falta de orgasmos deveria ter o mesmo alerta e atenção que as campanhas médicas promovem para a prevenção e promoção em prol de uma vida saudável. Trata-se de saúde humana.”

“Tenho plena convicção de que o orgasmo terapêutico atua com grande eficiência contribuindo com a saúde preventiva, além de reorganizar as disfunções já existentes.”

PRELIMIRARES

Na sociedade imediatista que vivemos hoje, muito se perdeu em nome dessa nova cultura que valoriza a rapidez e agilidade em realizar as tarefas cotidianas. Mas o que dizer quando transferimos essa pressa e ansiedade para nosso relacionamento ou para o ato de nos relacionar? E assim é sem nos darmos conta de uma relação que se tornou pobre e sem significado, senão pela corrida em aliviar as tensões do dia tendo o benefício na maioria das vezes de apenas um lado.

Esse é o momento de mudarmos isso. É importante saber, que o corpo feminino, tem inúmeros dispositivos que precisam de estímulos por determinado tempo, que difere de pessoa para pessoa, para que aconteça a produção suficiente de hormônios ligados à sensação de bem-estar e prazer, dando o comando ao corpo para um estado de relaxamento e liberação de feromônios além de tantos outros neurotransmissores que intensifique o desejo e a excitação.

Os seres humanos dispõe de todas as ferramentas gratuitamente para criar as condições favoráveis ao ritual do relacionar-se, o que antigamente, entre os povos matriarcais, era natural e espontâneo.

A começar pelo olhar. Quem de verdade você conhece quem olha nos olhos ao falar com o outro? Qual casal já teve o privilégio de poder testemunhar os observando trocarem olhares por horas ou então por poucos minutos? Se respondeu um ou dois, considere-se um felizardo por testemunhar um fenômeno cada vez mais raro. Você o faz com sua parceira? E por que é assim? Porque o olhar significa intimidade, exposição, entrega e confiança. Quem nos dias de hoje tem o desejo de se comprometer? Mas se a falta de intimidade lhe incomoda, esse é o primeiro passo, se o seu desejo é de se conectar com o outro, surpreender sua parceira, esta é a chave. Dedique um tempo para olhar nos olhos. Possivelmente ela irá se furtar a sua iniciativa, irá desviar, baixar a cabeça ou mover para os lados tentando fugir do seu campo de visão, é algo novo e que sugere até mesmo uma mínima desconfiança, mas insista.

Não tão raro, mas igualmente especial devemos toda atenção ao toque. O estímulo do toque por si só promove uma reação em cadeia de substâncias ligadas diretamente ao sistema imunológico promovendo saúde e bem-estar, além de autoconfiança, entrega e doação. O faça de forma lenta e progressiva, por toda a extensão da pele. Use a ponta dos dedos, sem tocar as unhas, mas apenas a polpa digital dos dedos, esteja na posição que estiver. Contemple cada espaço que se faça permitido e se possa alcançar com toques leves e contínuos. Percorra os braços, mãos, dedos, pescoço, cabeça, e todo o rosto. Dedique-se por alguns minutos a apenas acaricia-la, sem pressa, sem interesse, como em uma dança, deixe a ponta dos dedos das mãos percorrer todo o corpo, hora lento, hora um pouco mais rápido, sempre leve e sem pausa. Ganhe extensão dos movimentos, até onde os braços possam alcançar. Não esqueça as laterais do tronco, as costas, pernas e pés. Os mamilos tem uma produção de importantes hormônios quando estimulados, entre eles a ocitocina, o hormônio responsável pela conexão afetiva entre mãe e filho ao amamentar, por exemplo.

Ao mesmo tempo que acaricia ou troca caricia, adicione outro componente importante: o cheiro. A experiência olfativa é reveladora do quanto impulsiona o desejo através da alquimia da pele. Procure fazê-lo atrás das orelhas, abaixo dos seios, pescoço, polpa das nádegas, dobra dos braços e pernas, lateral do tronco e virilhas. São áreas de intensa secreção de feromônios. Sugira que sua parceira faça o mesmo, intercalando ou simultaneamente e observe o quanto essa energia e o desejo crescem conforme praticam. Respire próximo ao ouvido dela, palavras de carinho também são sempre bem-vindas.

FISIOLOGIA E ANATOMIA FEMININA

Parte da Estrutura Funcional da Vulva

É importante compreendermos como funciona a estrutura física da vulva para as aplicações do que vamos falar a seguir.

O Clitóris, apesar de muito comentado e polêmico sobre sua real função, poucos sabem sua verdadeira localização e extensão que possui no complexo dos genitais femininos. Sua estrutura vai além do que os olhos podem ver, seguindo internamente e responsável por grande prazer durante a penetração, desde que estimulado adequadamente, irrigando seus bulbos e hastes eretivas.

Trata-se de um órgão com aproximadamente 8.000 feixes de fibras nervosas apenas na glande, simplesmente o dobro de fibras nervosas que se encontra no pênis, e sua função está associado exclusivamente ao prazer.

O que normalmente acontece é que este órgão, não estimulado corretamente, pode causar a intrusão da parte visível, dificultando o contato que promove as sensações de prazer. Não menos importante, devemos salientar que, por falta de estímulos adequados, milhares de mulheres apresentam um clitóris flácido, sem tônus, o que dificulta que este órgão possa suportar uma carga de bioeletricidade para uma descarga orgástica satisfatória, principal causa de Anorgasmia, ou seja, ausência de orgasmo. Não é incomum que 1/3 da população feminina, de acordo pesquisas realizadas no Brasil, nunca tenha vivido uma experiência de orgasmo.

As glândulas de Skene e Bartholin tem seu papel fundamental no que envolve o preparo para o ato sexual confortável e prazeroso. Isso porque essas glândulas tem a função de produzir as enzimas e lubrificação que favorecem toda a flora da vagina. Elas ficam localizadas na parede interna dos pequenos lábios, invisíveis a olho nu. Através das técnicas aqui apresentadas, é possível habilitar de forma otimizada o funcionamento dessas glândulas, com incríveis resultados durante o clímax.

Jivan Pramod é Terapeuta e Coordenador de Cursos e Workshops de um dos maiores Centros de Tantra do País, o Centro Metamorfose, e também Coach de Sexualidade e idealizador do Programa A Arte de Compartilhar, juntamente com a sua esposa Satya Kali, ajudando milhares de casais a melhorar suas relações em todo o mundo.

Whatsapp: (21) 9 9999-3413 | Email: jivan.pramod.tantra@gmail.com | Skype: jivan.pramod1 | www.coachdesexualidade.com

Credits:

Marcinho Martins The Camera

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.