NEY ZARA Official Release

Música Desde Sempre...

Desde pequeno Ney Zara respira música. Nascido em uma família de músicos, começou a ter aulas de piano e teclado logo cedo, aos 9 anos de idade. Conforme crescia, seu interesse e sua aptidão só aumentavam.

Aos 12 anos já falava fluentemente inglês e cantava músicas americanas e européias, apresentando-se em teatros musicais do colégio, coros religiosos e participava da orquestra da igreja, tocando flauta.

Do Pop-Rock à Carreira Solo

Ney Zara começou a cantar profissionalmente aos 27 anos, por acaso, impulsionado por amigos. Assim, iniciaram-se as apresentações em casas noturnas e eventos nas regiões de Itu, Salto, Sorocaba, Indaiatuba, Campinas e São Paulo. Nessa etapa, teve reconhecimento do público, formando seguidores e apreciadores do seu talento.

Seu repertório tem como base musical as décadas de 80 e 90, e inspirações de grandes nomes como Mafalda Minnozzi, Elton John, Coldplay, Robbie Williams, Celine Dion, entre outros. Nuances de Jazz, R&B, MPB e World Music também são apresentadas na versatilidade do artista.

Ney Zara é co-autor das músicas Príncipe Encantado, Caminha e Vem Cantar À Vida, lançadas em 2015 e participantes do Latin Grammy Awards do mesmo ano (download dos singles nos links abaixo).

Ney Zara lançou o disco Stolen Dance, produzido por Carlos Borba Gato, influente na cena músical dos anos 80 e 90 e vencedor do prêmio Tim de Música (atualmente Prêmio da Música Brasileira). O disco traz regravações de grandes sucessos dos anos 80 e 90 da música internacional.

Stolen Dance

Ney Zara fez sua estréia no showbiz com um repertório internacional dinâmico, pop e alto astral.

"Stolen Dance" emociona o público, percorrendo uma veia latina na qual Ney Zara interpreta sua versão em português da música "Camina Y Ven", junto a sucessos de Ricky Martin e Henrique Iglesias com muito ritmo e sensualidade.

O show abusa do romantismo da década de 80, revivendo sucessos como "The Time of My Life" e "Summer Nights", hits de Hollywood nas telas do cinema.

"Principe Encantado", sua música autoral, recebe destaque na parte do show que é dedicada ao amor, trazendo ao palco "Angels" de Robbie Williams, "Fever" de Elvis Presley e "La Solitudine" de Laura Pausini, entre outras famosas canções que tocam o coração dos espectadores.

O pop toma conta do show com as baladas eletrônicas de "Pompeii" e "Counting Stars" e "Stolen Dance" - sucesso europeu em 2015 e que dá o nome ao álbum e turnê de Ney Zara.

Formação de Banda:

1) Ney Zara, acompanhado de teclado, sample, guitarra, violão, baixo e bateria.

2) Banda completa e corpo de baile.

3) Acústico: Ney Zara acompanhado de voz, violão e bateria.

Mosaico Brasileiro

JAZZ | MPB | BOSSA NOVA

Em 2016 e 2017, Ney Zara apresenta seu projeto “Mosaico Brasileiro MPB” que traz ao público um show de história da música nacional, apresentando recortes sonoros, musicais e culturais.

Ney Zara encontra na MPB uma forma de moderniza-la com arranjos de Jazz e Bossa Nova, Swing e Funk, trazendo uma releitura de diversas épocas da música nacional e internacional.

Já imaginou Whitney Houston, Kylie Minogue, Maroon 5 e Cassia Eller com um toque de Tom Jobim?

O Mosaico Brasileiro também passeia pela popularidade de Wilson Simonal, pelo groove de J Quest, o romantismo de Tim Maia e as obras primas de João Gilberto, Vinicius de Moraes e outras lendas da música brasileira.

Formação de Banda:

1) Ney Zara acompanhado de violão acústico

2) violão acústico e cajon

3) violão acústico, baixo elétrico e bateria

4) violão acústico, guitarra elétrica, baixo elétrico e bateria

Stolen Dance Tour (2015)

Created By
Ney Zara
Appreciate

Credits:

Ney Zara Daniel Trento

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.