Loading

Segundo Domingo depois da Epifania Ano B — São Paulo, 14 de janeiro de 2018

Prelúdio

Leitura [Todos, em pé]

Vimos te invocar ó Deus para que nesta manhã singela a Tua graça nos sensibilize diante das belezas da vida, das carícias do amor e da singeleza da amizade!

Que nesta manhã singela a Tua sabedoria nos ilumine trazendo as cores da alegria, da justiça e da solidariedade!

Que nesta manhã singela o Teu Espírito nos transmita a Tua Palavra de esperança como um raio de sol em nossas mentes.

E que a liberdade do amor, qual lâmpada divina conduza os nossos passos!

Hoje e sempre. Amém!

Cântico “Há um doce Espírito aqui” [TD, 58]

Há um doce Espírito aqui

E eu sei que é o Espírito de Deus;

Já podemos todos perceber

A presença de Jesus, o Salvador.

Doce presença, presença santa,

Vem sobre nós,

Enchendo-nos do Teu poder!

Te adoraremos por Tua presença aqui

E que renovará os nosso corações;

Louvado seja o Senhor!

Se te achas salvo e, ao invés,

Estás débil, oprimido e sem vigor,

Rende-te à presença de Jesus

E o Espírito te encherá de amor.

Oração [Dirigente]

Leitura [Salmo 96]

D: Cantai ao SENHOR um cântico novo,

cantai ao SENHOR, todas as terras.

L1: Cantai ao SENHOR,

bendizei o seu nome;

proclamai a sua salvação, dia após dia.

L2: Anunciai entre as nações a sua glória,

entre todos os povos, as suas maravilhas.

C: Porque grande é o SENHOR

e mui digno de ser louvado,

temível mais que todos os deuses.

D: Porque todos os deuses dos povos não passam de ídolos;

o SENHOR, porém, fez os céus.

L1: Glória e majestade estão diante dele,

força e formosura, no seu santuário.

L2: Tributai ao SENHOR, ó famílias dos povos,

tributai ao SENHOR glória e força.

C: Tributai ao SENHOR a glória devida ao seu nome;

trazei oferendas e entrai nos seus átrios.

D: Adorai o SENHOR na beleza da sua santidade;

tremei diante dele, todas as terras.

L1: Dizei entre as nações:

Reina o SENHOR.

Ele firmou o mundo para que não se abale

e julga os povos com equidade.

L2: Alegrem-se os céus,

e a terra exulte;

ruja o mar e a sua plenitude.

Folgue o campo e tudo o que nele há;

regozijem-se todas as árvores do bosque,

C: na presença do SENHOR,

porque vem, vem julgar a terra;

julgará o mundo com justiça

e os povos, consoante a sua fidelidade.

Hino “Com glória coroai” [TD, 156]

Saudai o nome de Jesus!

Arcanjos, adorai!

Ao Rei que se humilhou na cruz

Com glória coroai!

Ó escolhida geração

De Deus, o eterno Pai,

Ao grande Autor da Salvação

Com glória coroai!

Remidos todos, com fervor,

Hosanas entoai!

Ao Verbo feito Redentor

Com glória corai!

Ó raças, povos e nações,

Ao Rei divino honrai

A quem quebrou os vis grilhões

Com glória coroai!

Oração de adoração

Interlúdio

Leitura [Salmo 51,1-12]

D: Tem misericórdia de mim, ó Deus,

segundo a tua benignidade;

apaga as minhas transgressões,

segundo a multidão das tuas misericórdias.

Lava-me completamente da minha iniquidade,

e purifica-me do meu pecado.

Porque eu conheço as minhas transgressões,

e o meu pecado está sempre diante de mim.

C: Contra ti, contra ti somente pequei,

e fiz o que é mal à tua vista,

para que sejas justificado quando falares,

e puro quando julgares.

Eis que em iniquidade fui formado,

e em pecado me concebeu minha mãe.

Eis que amas a verdade no íntimo,

e no oculto me fazes conhecer a sabedoria.

D: Purifica-me com hissopo,

e ficarei puro;

lava-me,

e ficarei mais branco do que a neve.

Faze-me ouvir júbilo e alegria,

para que gozem os ossos que tu quebraste.

Esconde a tua face dos meus pecados,

e apaga todas as minhas iniquidades.

C: Cria em mim, ó Deus, um coração puro,

e renova em mim um espírito reto.

Não me lances fora da tua presença,

e não retires de mim o teu Espírito Santo.

Torna a dar-me a alegria da tua salvação,

e sustém-me com um espírito voluntário.

Oração silenciosa

Hino “Venho como estou” [TD, 160]

Jesus, Senhor, me chego a ti!

Tua ira santa mereci.

Oh! Dá-me alívio mesmo aqui,

Aceita um pecador!

Eu venho como estou,

Eu venho como estou!

Porque Jesus por mim morreu,

Eu venho como estou!

Eu nada posso merecer,

Tu vês-me prestes a morrer.

Oh! Não me deixes perecer,

Aceita um pecador!

Oh! Sem demora, Salvador,

Socorre-me por teu amor,

Pois tu, ó Cristo, é meu Senhor,

Aceita um pecador!

Oração Audível de Perdão

Interlúdio

Leitura Conjunta [Salmo 117]

Louvai ao Senhor,

vós todos os gentios,

louvai-o, todos os povos.

Porque mui grande

é a sua misericórdia para conosco,

e a fidelidade do Senhor

subsiste para sempre. Aleluia.

Cântico “Aclame ao Senhor” [TD, 150]

Meu Jesus, Salvador, Outro igual não há

Todos os dias quero louvar

As maravilhas de Teu amor

Consolo, abrigo, força e refúgio é o Senhor

Com todo o meu ser, com tudo o que sou

Sempre Te adorarei

Aclame ao Senhor toda terra e cantemos

Poder majestade, louvores ao Rei

Montanhas se prostrem e rujam os mares

Ao som de Teu nome

Alegre Te louvo por Teus grandes feitos

Firmado estarei, sempre Te amarei

Incomparáveis são Tuas promessas pra mim

Oração de Louvor

Culto Infantil

Leitura

Mensagem — Rev. Ademir Aguiar

Oração Final

Bênção Apostólica

Amém Tríplice

Poslúdio
Created By
Marcelo Smargiasse
Appreciate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.