Hans Geiger (1882-1945)

Johannes (Hans) Wilhelm Geiger (Neustadt an der Weinstrasse, 30 de setembro de 1882 — Potsdam, 24 de setembro de 1945) foi um físico alemão que juntamente com Walther Müller, desenvolveu o contador Geiger.

Hans Geiger estudou física e matemática na Universidade de Munique e serviu uma temporada no exército alemão antes de prosseguir os estudos de pós-graduação em Erlangen, obtendo o seu doutoramento em 1906.

Em 1907 começou a trabalhar com Ernest Rutherford na Universidade de Manchester.

Em 1909 participou no Experimento de Geiger-Marsden, também conhecido como a experiência da folha de ouro, uma experiência científica realizada juntamente com Ernest Marsden com o objetivo de investigar a estrutura do átomo. Os resultados desta experiência demonstraram pela primeira vez a existência do núcleo atômico, o que não era consistente com o modelo atômico de Thomson, proposto em 1904 por Joseph John Thomson. A investigação foi realizada sobre a supervisão de Rutherford nos laboratórios de Física da Universidade de Manchester, no Reino Unido sendo o percursor do modelo atomíco de Rutheford.

O átomo teria na verdade um núcleo de carga elétrica positiva de tamanho muito pequeno em relação ao seu tamanho total, sendo que este núcleo, que conteria praticamente toda a massa do átomo, estaria rodeado por elétrões de carga elétrica negativa.

Em 1912 tornou-se líder da Physical-Technical Reichsanstalt de Berlim, em 1925 professor na Universidade de Kiel, 1929 em Tübingen e, a partir de 1936, em Berlim. Em Berlim desenvolveu em conjunto com o então estudante da sua graduação Walther Müller, o contador Geiger, a sua maior invenção.

Contador Geiger

O contador Geiger (também conhecido como contador Geiger-Müller ou contador G-M) serve para medir certas radiações ionizantes (partículas alfa, beta ou radiação gama e raios-X, mas não os neutrões ). Este instrumento de medida, cujo princípio foi imaginado por volta de 1913 por Hans Geiger, foi aperfeiçoado por Geiger e Walther Müller em 1928. Os contadores Geiger não diferenciam os tipos de radiação que lhes chegam; somente registam o valor de contagens total, sendo essa sua principal desvantagem.

Hans Geiger descobriu com Mitchell Nuttall a lei Geiger-Nuttal-estabelece que isótopos ( variantes de um elemento químico)com períodos de vida curta emitem partículas alfa mais energéticas que os de vida mais longa.

Ele era também membro do Uranverein (Clube do Urânio) na Alemanha nazista, o grupo de físicos alemães que, durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhou sem êxito na construção da bomba atómica alemã.

A Sua lealdade ao Partido Nazi levou-o a trair os seus colegas judeus.

Editou, juntamente com Karl Scheel, entre 1926 e 1933, o Handbuch der Physik, composto de 24 volumes.

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.