Loading

Sobre São Jorge E SEUS SOLDADOS DA FÉ

Por Thiago Freitas

São Jorge sempre despertou em mim um certo fascínio. Há de se concordar que o Santo Guerreiro, oriundo da Capadócia (atual Turquia), de lança e escudo em punhos sobre um cavalo branco, matando dragões e protegendo seus devotos de perigos cotidianos tem o poder de mexer com o imaginário popular. Até de quem, como eu, não professa uma fé católica. Aliás, nem religioso sou. Aos que me perguntam sobre em que acredito prefiro dizer que sou uma pessoa de espiritualidade humana. Mas não tenho menor embaraço em responder que tenho, desde menino, grande devoção por São Jorge, este que é o padroeiro extraoficial do Rio de Janeiro.A razão do meu encanto por esta figura mitológica, creio eu, talvez esteja relacionada com minha avó materna. Ela tem por costume eleger um santo para proteger cada ente da família. Lembro-me de quando me entregou um pequeno santinho de São Jorge com sua oração no verso. Guardo a mesma até hoje. Além disso, entre meus 12 e 14 anos, morei numa casa quase de frente para a Igreja de São Jorge de Niterói, no Centro. Portanto, estive sempre acompanhado de sua proteção, sem dúvidas.

No dia último dia 23, data em que se celebra o dia do santo, estive pela primeira vez na Paróquia de Quintino, na Zona Norte do Rio de Janeiro, para retratar a fé de seus soldados devotos. Busquei materializar o amor, a confiança e a força desse povo tão guerreiro quanto este bravo cavaleiro que mora em nosso imaginário e que permeia todas as classes sociais, indiferente à religião de cada qual. Jorge está nas igrejas, mas também nos bares, no samba, nos terreiros, em prostíbulos, nas favelas, nos pequenos altares, em adesivos de carro, em medalhas, cordões, anéis… SÃO JORGE está à frente e no meio de seu povo de fé.

Segue aqui um ensaio que pra mim carregam o peso da minha homenagem e de minha oração.

Salve Jorge!!!

Homenagens ao santo também no centro do Rio

Credits:

Thiago Freitas / Agência O Globo

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.