A Luz Autor Conteudista: Diego Barreto

Módulo 1

A CIÊNCIA E A LUZ

De acordo com o Professor Filipe Salles (http://www.mnemocine.com.br/index.php/downloads/doc_download/11-capitulo-8-luz-propriedades-e-caracteristicas), luz é um fenômeno que intriga cientistas há muito tempo, e mesmo hoje em dia não há um consenso sobre sua verdadeira natureza. Os próprios gregos já haviam indagado a respeito, chegando a duas conclusões, por vezes conflitantes, que dividiam as opiniões dos estudiosos: uns acreditavam que todo objeto visível emitia uma torrente constante de partículas luminosas, que eram captadas por nossos olhos. Outros ainda acreditavam sair dos nossos olhos uma onda vibratória que atingia os objetos e tornava-os visíveis.

Módulo 2

A LUZ COMO ELEMENTO DE LINGUAGEM

“A luz é a substância do filme e é porque a luz é, no cinema, ideologia, sentimento, cor, tom, profundidade, atmosfera, narrativa. A luz é aquilo que acrescenta, reduz, exalta, torna crível e aceitável o fantástico, o sonho ou, ao contrário, torna fantástico o real, transforma em miragem a rotina, acrescenta transparência, sugere tensão, vibrações. A luz esvazia um rosto ou lhe dá brilho... A luz é o primeiro dos efeitos especiais, considerados como trucagem, como artifício, como encantamento, laboratório de alquimia, máquina do maravilhoso. A luz é o sal alucinatório que, queimando, destaca as visões...” (Federico Fellini)

Created By
Maria Beatriz Cruz
Appreciate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.