Ano Novo Ano A — São Paulo, 1 de Janeiro de 2017

Prelúdio

Leitura

Estejam nossos sentidos despertos

na presença do Senhor

na beleza desta terra;

Esteja a nossa imaginação desperta

ao sofrimento de Deus

nos lamentos desta terra;

Estejam nossos corações despertos

à compaixão de Deus

para com os povos desta terra;

Estejam nossas consciências despertas

ao compromisso com Deus

com a Aliança desta terra;

Que todo o nosso ser se desperte

à brisa leve de Deus

no abraço desta terra. Amém. [Bill Wallace]

Oração de Gratidão pelo Novo Ano

Cântico “Hoje é tempo” [TD, 99]

Hoje é tempo de louvar a Deus

E em nós agora habita seu Espírito!

Então é só cantar

E a Cristo exaltar

E sua glória encherá este lugar

Vem louvar!

No meio dos louvores Deus habita

E é seu prazer cumprir o que nos diz.

Leitura

T: Ó Senhor, Senhor nosso,

quão magnífico em toda a terra é o teu nome!

L1: Pois expuseste nos céus a tua majestade.

Da boca de pequeninos e crianças de peito

suscitaste força, por causa dos teus adversários,

para fazeres emudecer o inimigo e o vingador.

L2: Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos,

e a lua e as estrelas que estabeleceste,

que é o homem, que dele te lembres?

E o filho do homem, que o visites?

L1: Fizeste-o, no entanto, por um pouco, menor do que Deus

e de glória e de honra o coroaste.

Deste-lhe domínio sobre as obras da tua mão

e sob seus pés tudo lhe puseste:

L2: ovelhas e bois, todos,

e também os animais do campo;

as aves do céu, e os peixes do mar,

e tudo o que percorre as sendas dos mares.

T: Ó Senhor, Senhor nosso,

quão magnífico em toda a terra é o teu nome! [Salmo 8]

Hino “Um Hino ao Senhor” [TD, 108, estrofes 1,2 e 3]

As grutas, as rochas imensas,

Dos mundos o grande esplendor

Proclamam, bem alto, constantes,

Um hino ao teu nome, Senhor!

Nos céus, e no mar, e na terra,

Nos bosques, nos prados em flor,

No fragoso alcantil,

Na amplitude celeste,

Um hino ressoa ao Senhor.

No céu, as estrelas brilhantes,

Dos mares o grande fragor,

E as brisas entoam, ridentes,

Um hino ao teu nome, Senhor!

As aves alegres, na mata,

Por entre as ramagens em flor,

Exultam, em coro, cantando

Um hino ao teu nome, Senhor!

Saudação [Dirigente]

Oração [Dirigente]

Leitura [L1]

É chegada a luz, ó Cristo, nossa Luz!

Em Tua luz nos regozijamos, Tua luz é nossa força.

Tu és o Sol da Justiça

que dissipa a escuridão do pecado e da morte!

As sombras fogem, a escuridão desaparece,

ao acercar-se tua luz de júbilo!

Viva! Luz de Alegria, Luz doadora de Vida,

Luz de Vida, Luz de Paz e Gozo,

Luz de Sabedoria, Luz de Graça e Misericórdia.

Que em tua Luz possamos ver a luz,

que possamos caminhar na tua luz,

que possamos regozijar-nos na tua luz.

Que tua luz seja nossa direção

e lâmpada que ilumine nosso caminho.

Levanta o véu da escuridão,

do mal da tristeza que cobre a terra.

Dá-nos gozo, dá-nos paz,

faz-nos regozijar em teu amor.

Dissipa nossa escuridão,

enxuga toda lágrima dos olhos dos que sofrem.

Dá alimento aos famintos, paz aos que guerreiam,

justiça aos oprimidos, consolação aos desesperados.

Que o mundo se regozije, também, em tua luz de alegria,

ó Luz do Universo e Luz do meu coração!

Glória a ti, ó Cristo, nosso Senhor,

com o Pai e o Espírito Santo.

Pra sempre. Amém. [Da Liturgia Ortodoxa]

Oração [Silenciosa]

Hino “Vivificação” [TD, 168 – somente estribilho]

Vem! Oh! Vem, Jesus, Senhor,

Nossas almas despertar!

Com teu santo e puro amor,

Vem, Senhor! Vem inflamar!

Oh! Vem! Oh! Vem

Nossas almas inflamar.

Oração [Silenciosa]

Leitura [L2]

Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram.

E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras. Disse-me ainda: Tudo está feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. [Apocalipse 21,1-6a]

Cântico “Ao Único que é Digno” [TD, 124]

Ao único que é digno de receber

A honra e a glória, a força e o poder...

Ao Rei eterno, imortal, invisível, mas real,

A Ele ministramos o louvor.

Coroamos a Ti, ó Rei Jesus.

Coroamos a Ti, ó Rei Jesus.

Adoramos o Teu nome,

Nos rendemos a Teus pés.

Consagramos todo o nosso ser a Ti.

Consagramos todo o nosso ser a Ti.

Oração de Louvor

Culto Infantil

Leitura de Eclesiastes 3,1-13

Mensagem — Rev. Marcelo Smargiasse

Oração

Bênção

Tríplice Amém

Poslúdio
Created By
Marcelo Smargiasse
Appreciate

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.