Loading

Comunidade de São Francisco Xavier Pinhal do general

A comunidade mais recente da Quinta do Conde surgiu em 1991, aquando do habitual peditório porta-a-porta em favor das Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Água. Diversos moradores do Pinhal do General pediram para que se criasse um local mais perto onde se pudesse assistir à Missa e as crianças pudessem ter Catequese, devido à falta de transportes, quer públicos quer particulares, que existia nesse tempo. Na época já vários membros do Conselho Pastoral eram do Pinhal do General, como o Sr. Mário Almeida, o Sr. Agostinho Correia, a D. Luísa Dores e o Sr. Alfredo Ventura.

O pedido dos moradores foi transmitido ao Senhor Padre Horácio Noronha. Depois de diversas reuniões, e com a concordância do Senhor Bispo D. Manuel Martins, ficou decidido constituir uma Comissão Pró Nova Igreja do Pinhal do General.

Começou a procura de um local para a nova igreja. Alguém deu a sugestão de uma cabana de madeira, que tinha sido a primeira sede da Associação dos Amigos do Pinhal do General na Rua João de Sousa Carvalho, lote 2463-A, e que na época estava sem utilização. Assim que se falou com a Associação, este local foi gentilmente cedido à Igreja.

Primeira capela do Pinhal do General

A celebração da primeira Missa no Pinhal do General, veio a realizar-se no Domingo de Páscoa seguinte, dia 19 de Abril de 1992. Apesar da lotação da Capela ser apenas de 60 lugares, assistiram a esta missa cerca de duzentas pessoas, através das quatro janelas e porta que se mantiveram todas abertas para que todos pudessem ouvir minimamente.

Depois de algumas reuniões com a Associação dos Amigos do Pinhal do General e com a Câmara Municipal do Seixal, ficou reservado para a futura Igreja, um terreno no final da Avenida 5 de Outubro. Este foi “estreado” com a primeira Festa da Igreja do Pinhal do General em 13 de Setembro de 1998, com Missa Campal, seguida de Procissão.

Missa campal a 13 de setembro de 1998

A construção da nova Igreja tem sido sucessivamente adiada devido às dificuldades na formalização da doação do terreno. Com a chegada do Padre Júlio chegou-se à conclusão que era urgente e necessário um espaço maior para albergar todas as pessoas que vinham assistir à Eucaristia. Foi assim instalada no novo terreno uma estrutura provisória, constituída por oito contentores, cedida pelos familiares do senhor António Xavier de Lima. A primeira Eucaristia neste novo espaço ocorreu a 20 de Junho de 2009.

A Comunidade do Pinhal do General continua a celebrar a Eucaristia, a realizar as festas anuais em Honra de S. Francisco Xavier e a rezar pela construção do novo templo do Senhor há muito esperado.

ORAGO

No início tinha-se a ideia de dedicar a comunidade a Nossa Senhora de Fátima. Houve no entanto opiniões divergentes, porque já havia duas igrejas dedicadas a Nossa Senhora na Quinta do Conde, chegando a ser sugerida a figura de S. Pedro.

Aproximava-se o 500º aniversário do nascimento de S. Francisco Xavier e o 466º da sua partida para o Oriente (1540). Salientando-se o facto de, nesta sua viagem, o santo ter aportado no cais de Setúbal, e ter convivido com o povo setubalense que logo o amou e o reconheceu como grande evangelizador, numa das reuniões com os Padres da Diocese, o Senhor Bispo D. Gilberto dos Reis sublinhou a ausência de uma comunidade ou monumento dedicado a este santo na Diocese de Setúbal. Sugeriu que se houvesse alguma comunidade emergente que quisesse acatar a sugestão de eleger S. Francisco Xavier a padroeiro, seria muito do seu agrado.

O Padre Sezinando Alberto, na altura Pároco da Quinta do Conde, assim que ouviu este pedido do Sr. Bispo, propô-lo logo à comunidade na Missa seguinte. A comunidade gostou, e logo todos os presentes aceitaram S. Francisco Xavier para Padroeiro.

Embora estivesse decidido, não foi logo adquirida uma imagem por não se encontrar uma que agradasse. Só ao fim de dois anos, em Agosto de 2002, é que o Senhor Padre Sezinando encontrou a imagem existente no Pinhal do General e a adquiriu para esta comunidade. A imagem saiu pela primeira vez em procissão em Julho de 2003.

Momentos da Comunidade do Pinhal do General

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.