Loading

Retrospectiva: De Olho no Campo fecha 2017 com prêmios e recorde de acessos

SÃO PAULO - O De Olho no Campo fecha o ano de 2017 com um saldo pra lá de positivo: dois prêmios de jornalismo de abrangência nacional e recorde de acessos. O site foi vencedor dos prêmios Abear e Café Brasil de Jornalismo, ambos com concorrência da imprensa de todo o País, e bateu a marca de 265 mil acessos.

A reportagem "Com leve retomada da economia, transporte aéreo de cargas dá sinais de melhora em 2017" foi a vencedora na categoria de cargas do 5º Prêmio Abear de Jornalismo, da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

A reportagem mostra como a melhora na economia impactou os números do setor de cargas aéreas em 2017. Além disso, visitou o aeroporto de Viracopos, o principal terminal de cargas do Brasil, para acompanhar os procedimentos de embarque e recebimento de mercadorias.

Ao lado do De Olho no Campo estiveram meios de comunicação nacionais como Rede Globo, Record TV, jornal O Estado de S. Paulo, GloboNews e Rádio Jovem Pan, entre outros. No total, foram 176 matérias, recorde de inscritos.

Fotos da cerimônia do 5º Prêmio de jornalismo da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). No canto direito, foto do Aeroporto de Viracopos.

Já no final do ano, em dezembro, o site foi vencedor do 1º Prêmio Café Brasil de Jornalismo, com a reportagem multimídia "Aceita um cafezinho?". A matéria trouxe à tona o avanço da produção de cafés especiais no Brasil e expôs a opinião de dirigentes de cooperativas, entidades, federações, produtores e baristas sobre o crescimento do País na produção de cafés de alta qualidade.

+ Leia a matéria vencedora

Segundo a banca examinadora, a simplicidade do título da matéria escondeu a complexidade e a evolução da cafeicultura brasileira ao ler o trabalho. O 1º Prêmio Café Brasil de Jornalismo recebeu 57 trabalhos das cinco regiões do País.

Cerimônia de premiação do 1º Prêmio Café Brasil de Jornalismo ocorreu em Brasília. Os jornalistas Paulo Beraldo e Mariana Machado escreveram sobre a produção de cafés especiais no Brasil. No canto direito, uma das fotos da matéria.

Além disso, em outubro o editor do site, o jornalista Paulo Beraldo, foi representar o Brasil em um congresso mundial de agronegócio e sustentabilidade, na Bélgica, o Youth Agriculture Summit (Cúpula Agrícola da Juventude). No total, foram selecionados 100 profissionais, de 18 a 25 anos, de 49 países.

Paulo teve sua redação de 1,5 mil caracteres, escrita em inglês, escolhida entre 170 enviadas por todo o Brasil. O tema era "Como alimentar um planeta faminto?" e o objetivo era trazer propostas sobre como alcançar a segurança alimentar e promover a agricultura sustentável, baseados nas metas de sustentabilidade da Organização das Nações Unidas.

Paulo Beraldo e outros 99 jovens de 49 países foram selecionados para representarem seus países e apresentarem soluções para acabar com a fome no mundo em um congresso na Bélgica, em outubro.

Quem faz: Paulo Eduardo Palma Beraldo é jornalista do Estadão, editor do De Olho no Campo e embaixador do Youth Agriculture Summit no Brasil. Formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2016, desenvolveu o site De Olho no Campo ainda na graduação. O veículo especializado em notícias do universo rural foi também seu trabalho de conclusão de curso.

Ao longo da carreira, Paulo Eduardo recebeu nove prêmios jornalísticos, entre eles o Massey Ferguson, o mais importante do jornalismo rural brasileiro, e o da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), com matérias publicadas no De Olho no Campo.

O site: Fundado em 2014, o De Olho Campo nasceu com o objetivo de produzir informação sobre todos os segmentos do agronegócio - do campo à mesa. Através da produção de conteúdo sobre temas inovadores no campo, divulgação de pesquisas científicas e publicação artigos de opinião, o veículo busca contribuir para o desenvolvimento do agro brasileiro através da geração de conhecimento.

Veja 10 reportagens que fizeram sucesso em 2017

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.