Númenor Origem; História; Geografia

Númenor é uma ilha criada pelo escritor inglês J. R. R. Tolkien.

J. R. R. Tolkien

Na história, foi uma grande ilha situada nos Grandes Mares a oeste da Terra Média, sendo conhecida por ter sido outrora o maior reino dos Homens.

Ao longo da bibliografia de Tolkien existem várias referências à ilha. Os apêndices de O Senhor dos Anéis, os relatos publicados em Contos Inacabados e a série A História da Terra Média lidam com Númenor.

Tendo em conta que é uma criação de Tolkien, segue-se um resumo das informações disponíveis sobre Númenor.

História

Após a Guerra da Ira, os Valar ofereceram um presente aos Edain.

Os Valar
Uma ilha criada do mar, a ilha de Númenor, para os Homens lá descansarem depois da guerra.
Oficialmente a ilha foi criada no ano 32 da Segunda Era e Elros, um meio-elfo, foi o seu primeiro rei.

Os habitantes de Númenor foram proibidos pelos Valar de viajar para as Terras Imortais. Estes invejavam os elfos devido ao facto de eles serem imortais, e começando a colonizar terras e formaram um grande império. Os Fiéis era o nome que davam aos que nunca desrespeitaram os Valar.

Ar-Pharazôn, um prisioneiro, rapidamente passou a ser conselheiro do rei com a promessa de tornar o povo de Númenor imortal, mas com uma condição. Tinham que fazer cultos e adorar o Primeiro Senhor do Escuro, mestre de Sauron, chamado Melkor. A Árvore Branca foi morta, mas um fruto foi arrancado por Isildur. Fruto de que mais tarde nasceu a Árvore Branca de Gondor.

Árvore Branca de Gondor

Ar-Pharazôn marchou em direção a oeste para enfrentar os Valar e conquistar as Terras Imortais. Os Valar não podiam interagir diretamente com os Humanos, então o seu rei, Manwë, falou com Eru Ilúvatar, Deus Supremo. Este retirou as Terras Imortais dos Círculos do Mundo para sempre. Númenor afundou-se no mar e os seus habitantes morreram. Apesar do corpo de Sauron também ter sido destruído, o espírito sobreviveu. A Queda de Númenor teve um grande efeito no Mundo, plano, tornando-o redondo.

Alguns habitantes de Númenor, descendentes do líder dos Fiéis, incluindo Isildur, previram esta catástrofe e fugiram da ilha. Chagaram à Terra Média e fundaram os reinos de Arnor e Gondor.

Gondor

Geografia

Como já foi referido, ilha de Númenor localizava-se no Grande Mar, a oeste da Terra Média. Tinha o formato de uma estrela de cinco pontas. Cada ponta era uma península com mais ou menos 400 km desde a ponta até ao centro da ilha.

Regiões

Númenor era dividida em seis regiões, que se subdividiam por sua vez em áreas cada vez menores.

Mapa de Númenor
Númenor em relação à Terra Média
  • Forostar: pedregosa e pouco fértil. A paisagem era dominada por colinas de pedra, salpicadas de abetos e lariços. Nesta península o céu era muito limpo, e por isso o rei Tar-Meneldur construiu lá uma torre de observação.
  • Andustar: uma região fértil e coberta de bosques. A costa ocidental era salpicada por portos. Era dominada por abetos, bétulas, faias, olmos e carvalhos.
  • Hyarnustar: notável pelas suas grandes vinhas e herdades. No leste formavam-se praias com muitas vilas.
  • Hyarrostar: a península mais baixa de Númenor, com longas praias. Cresciam uma grande variedade de árvores, que eram usadas para a indústria naval.
  • Orrostar: uma região fria, mas fértil. Erguiam-se montanhas no norte, mas aplanava-se no sul. Existiam muitas plantações de grão aqui.
  • Mittalmar: a parte central de Númenor, com contacto com o mar apenas no Porto de Rómenna. Mittalmar erguia-se acima dos planaltos circundantes e é uma região de gramíneas, pastos e colinas baixas com poucas árvores.

Características naturais da ilha

Númenor tinha uma enorme quantidade de acidentes geográficos e rios. Assim é possível identificar, de forma muito resumida: a Baía de Eldanna (maior baía, rodeada pelas terras mais férteis), a ilha de Tol Uinen (pequena ilha com um farol chamado Calmindon), o vale de Noirinan (um vale não muito profundo, alcunhado de Vale das Tumbas, onde ficavam os túmulos dos reis e das rainhas), o rio Siril (o maior rio de Númenor), o lago de Nísinen (formado pelo rio Nunduinë, característico pelo perfume adocicado que sob ele flutuava) e a montanha de Meneltarma.

Meneltarma

Esta montanha merece ser destacada tendo em conta que era o ponto mais alto de Númenor e pode ser o único vestígio que restou da ilha após esta submergir. O topo de Meneltarma era plano e amplo. Era considerado o local mais sagrado de Númenor, tendo sido apenas construído ali um templo dedicado a Eru Ilúvatar. Só aos reis de Númenor era permitido falar no seu topo e apenas durante os festivais dedicados a Eru, que serão descritos mais abaixo. Consta que a Rainha Tar-Míriel, prevendo a destruição da ilha, tentou escalar o topo de Meneltarma para escapar ao desastre, mas foi levada por uma enorme onda antes de o conseguir.

Cidades e Portos

A maioria das cidades de Númenor eram portos. Destaca-se a capital Armenelos e a maior cidade portuária Rómena.

  • Armenelos: era a capital e posteriormente a maior cidade de Númenor, em Quenya A Dourada. Situava-se perto do centro de Arandor, perto de Meneltarma. A capital abrigava o Palácio Real, a Casa do Rei e Nimloth, a Árvore Branca de Númenor. Durante o reinado de Ar-Pharazôn um templo gigante dedicado a Morgoth foi erguido em Armenelos.
  • Rómenna: era um grande porto situado no grande estuário nas praias do leste de Númenor. Sendo mais perto do centro do que os outros portos, cresceu gradualmente conforme a sua importância na construção de navios e navegação aumentava.
A Árvore Branca de Númenor

Governantes

Desde Elros Númenor teve 24 reis. Como já foi referido, o primeiro senhor de Númenor foi Elros Tar-Minyatur e o último foi Tar-Calion. Todos os reis tiveram enormes diferenças entre si, incluindo a Língua em que se escrevia o seu nome. O trono foi roubado duas vezes e apenas existiram duas rainhas regentes (na sua maioria foram substituídas por irmãos).

Cultura

Sociedade e língua

Os habitantes de Númenor, ou Homens do Oeste, eram descendentes dos Edain, uma etnia de homens que vivia no nordeste da Terra Média. Os Edain tornaram-se a raça mortal mais culturalmente avançada, legando o seu conhecimento aos seus descendentes.

As tradições, conhecimentos e habilidades dos Homens do Oeste foram fortemente influnicadas pelos Valar e pelos elfos de Tol Eressëa.

A maioria dos habitantes de Númenor, descendia do Povo de Hador, vertente dos Edain loira de olhos azuis. Assim a língua de Númenor, o Adûnaico, deriva da fala do Povo de Hador. Como segunda língua os Homens do Oeste falavam o Élfico-Cinzento, ou Sindarin, que era muito usado pela nobreza, tal como o Alto-Élfico que empregavam em documentos oficiais, na arte e em nomes.

Os habitantes de Númenor eram extremamente competentes nas artes e nos trabalhos manuais, destacando-se nos barcos e instrumentos marítimos. Eram grandes marinheiros, e exploraram todas as direções no mar, exceto para oeste, devido à interdição dos Valar.

Embora fossem um povo pacífico, as suas armas e armaduras só poderiam encontrar resistência nas hostes dos Valar dentro de Arda.

Tradições

Antes da vinda de Sauron, em Númenor tinham várias tradições relacionadas com os Valar. Eram importantes as tradições de se colocar um ramo de oiolairë na proa dos navios que partiam, tal como as cerimônias em que o Cetro Real era passado ao sucessor quando o rei se deitava para morrer.

As mais importantes cerimónias eram as Três Preces, nas quais o rei pedia aos Valar bons acontecintos.

  • Erukyermë (Prece a Eru): feita no início da Primavera, era a prece por um bom ano;
  • Erulaitalë (Louvor a Eru): feito no meio do Verão, era a prece por uma boa colheita;
  • Eruhantalë (Agradecimento a Eru): feito no fim do Outono, era o agradecimento pela boa colheita.

Notas

Os Valar são deuses que entraram em Eä, o Universo, no início dos tempos para construí-la, guardá-la e governá-la. A palavra Valar significa Poderes do Mundo.

A oiolairë é uma árvore perene. O seu nome nome significa sempre-verão.

Webgrafia

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Númenor

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Valar_(Tolkien)

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Árvores_de_Tolkien#N.C3.BAmenor.2C_Eress.C3.ABa_e_Terra-m.C3.A9dia

Laura Galvão e Nuno Calaim

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.