Os jovens na zona de guerra urbana do Nordeste Como é viver nas cinco cidades mais violentas do Brasil

Cinco cidades brasileiras com cerca de 50 mil habitantes ostentam taxas de homicídio por armas de fogo equivalentes às de zonas de guerra. Todas no Nordeste do Brasil - localizadas na região metropolitana das capitais da Bahia, Alagoas, Paraíba e Ceará.

Segundo o Mapa da Violência 2016 - Homicídios por Armas de Fogo no Brasil, elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), este é o cenário da região Nordeste, que concentra nove dos dez municípios mais violentos do país.

As maiores vítimas dessa guerra estão na faixa dos 15 aos 29 anos, representando quase 60% dos assassinatos registrados no Brasil somente em 2014*.

Mata de São João - Bahia

Com cerca de 46 mil habitantes, a cidade de Mata de São João, na Bahia, é a mais violenta do país. Segundo o Mapa da Violência, registrou 102,9 homicídios por arma de fogo por cem mil habitantes.

Localizado a 60 quilômetros de Salvador, o município tem no turismo sua principal atividade econômica. O Litoral matense, que vai de Praia do Forte a Sauípe, é um dos principais destinos do Brasil.

Murici (AL)

Localizada a 44 quilômetros da capital Maceió, é a segunda cidade mais violenta do país, com 100,7 homicídios por arma de fogo por cem mil habitantes. Com 28 mil habitantes, é a terra natal do senador Renan Calheiros.

A agroindústria da cana-de-açúcar continua sendo uma das principais fontes econômicas de Murici, e o número de pessoas que vivem do corte da cana ainda é elevado. A prefeitura tenta atrair novas empresas para o Núcleo Industrial de Murici, que fica às margens da BR 104 e ocupa uma área de 150 mil m².

Satuba (AL)

Satuba é a terceira cidade mais violenta do país, de acordo com o Mapa da Violência 2016. Localizado a 15 quilômetros de Maceió, o município tem 95,5 homicídios por arma de fogo por cem mil habitantes. Tem 13 mil habitantes.

Conde (PB)

Distante apenas 37 quilômetros da capital João Pessoa, Conde é famosa por suas praias e pela atração de turistas adeptos do nudismo para a praia de Tambaba.

Muitos turistas não imaginam que essa é a quarta cidade mais violenta do Brasil, com 94,4 homicídios por arma de fogo por cem mil habitantes. Com 24 mil habitantes, o município tem IDH de 0,618.

Eusébio (CE)

Com 51 mil habitantes, a quinta cidade mais violenta do Brasil está a apenas 24 quilômetros de Fortaleza. Eusébio registrou 93,4 homicídios por arma de fogo por cem mil habitantes.

Localizado a 15 minutos da capital, o município de Eusébio vem atraindo empresas da área de construção civil, comércio e serviços. São mais de 3 mil empresas, sendo 150 indústrias de grande porte, instaladas nos seus três polos industriais.

A reportagem do eder content investiga os desafios dos jovens que vivem nesses cinco municípios com índices de violência e morte que se equiparam às zonas de guerra.

Como é viver nessas cidades? Como os jovens de comunidades periféricas lidam com tal contexto? O que pensam sobre o presente e o futuro? Quais são as políticas públicas para combater a violência?

  • Uma grande reportagem em formato longo
  • Texto intercalado por pequenas histórias do cotidiano violento dos personagens contadas em HQ (jornalismo em quadrinhos)
  • Fotos das cidades e personagens
  • Entrevistas em vídeo com especialistas e autoridades locais
  • Entrega do conteúdo editado para publicação em 20/fevereiro/17

* Municípios sujeitos a alteração se houver atualização do Mapa da Violência com dados de 2015 nas próximas semanas.

Created By
Ítalo Rômany
Appreciate

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.