Características das ondas Catarina Sousa 8°B N°4, Joao Lucas 8°B N°12, Matilde Pedreira 8ºB N°20 e Pedro Lopes 8ºB N°22

Comprimento de onda

O comprimento de onda é a distância entre dois pontos consecutivos que se encontram na mesma fase de vibração.

Imaginemos a membrana de um altifalante a oscilar de forma periódica. O som que transmite é a partir do movimento da membrana, onde ocorrem choques às partículas de ar que constituem a sua vizinhança.

Num determinado instante, da propagação do movimento vibratório do altifalante que vai oscilar da esquerda para a direita, uma vez em cada segundo.

À medida que isto acontece formam-se zonas de compressão e de rarefação no ar. A distância entre a zona máxima de compressão e de rarefação é sempre a mesma.

O comprimento de onda representa-se pela letra grega lambda e a sua unidade no Sistema Internacional é o metro (m).

Frequência

O número de oscilações que a fonte sonora efetua por unidade de tempo designa-se frequência.

Se comparares estas 2 figuras, verificas que o comprimento de onda é menor no primeiro caso. Na verdade, como a membrana do altifalante oscila mais rapidamente (4 vezes por segundo), irá produzir zonas de compressão e rarefação com maior frequência.

A frequência representa-se por f e a sua unidade de Sistema Internacional, SI, é o hertz (Hz), Por exemplo uma frequência de 8 Hz significa que a membrana do altifalante oscila oito vezes por segundo.

Quanto maior for a frequência, menor é o comprimento de onda.

A frequência da onda sonora é igual à frequência da fonte sonora que a produziu.

Período

O período representa-se por T e o seu valor no SI (Sistema Internacional) representa-se por "s".

T= x oscilações x 1 s/ x oscilações

O período é o tempo de uma oscilação completa.

A da relação entre a frequência e o período de oscilação pode-se representar de duas formas:

Assim:

  • quanto maior for a frequência, menor é o período de oscilação.
  • quanto menor for a frequência, maior é o período de oscilação.
Representação gráfica de ondas sonoras a propagarem-se no ar

Nas zonas de compressão, a densidade do ar é maior e a sua pressão também é maior enquanto que, nas zonas de rarefação a densidade do ar é menor e a sua pressão é também menor. Assim é possível representar a onda sonora, a partir da representação da variação da pressão do ar, segundo uma direção, num determinado instante.

Por análise do gráfico, numa dada direção, pode-se identificar, as zonas de compressão máxima, as zonas de rarefação máxima e ainda se pode determinar o comprimento de uma onda.

Gráfico pressão-tempo

É também possível representar graficamente a variação da pressão do ar, numa dada região do espaço, ao longo do tempo, quando uma onda sonora se propaga através dessa mesma região.

Por análise do gráfico pode-se ver como varia a pressão do ar numa determinada região do espaço, em função do tempo e determinar-se o período de variação da pressão.

Link kahoot
Fim

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.