Loading

Vigésimo Oitavo Domingo Tempo Comum, Ano A — São Paulo, 19 de novembro de 2017

Prelúdio

Aclamação [Dirigente]

Aleluia!

Louvai o nome do Senhor,

louvai, servos do Senhor!

Vós que servis na casa do Senhor,

nos átrios da casa do nosso Deus.

Louvai ao Senhor, pois o Senhor é bom,

tocai ao seu nome, pois ele é agradável. [Salmo 135,1-3 — BJ]

Hino 66 — “Doxologia” [Em resposta, em Pé]

A Deus, supremo Benfeitor,

Celestes hostes entoai;

Vós homens dai também louvor

E o Deus triúno celebrai.

Leitura [Uníssono]

O meu coração se regozija no SENHOR,

a minha força está exaltada no SENHOR;

a minha boca se ri dos meus inimigos,

porquanto me alegro na tua salvação.

Não há santo como o SENHOR;

porque não há outro além de ti;

e Rocha não há, nenhuma, como o nosso Deus. [1Samuel 2,1s]

Cântico 258— “Quem é Deus Acima do Senhor”

Quem é deus acima do Senhor ?

E quem é rocha como nosso Deus ?

É força e proteção.

Ele é a torre de libertação

Pra quem confia no Senhor.

Me treina pra lutar,

Me mostra onde devo eu andar.

Glórias ao nome do Senhor!

Oração [Silenciosa, Assentados]

Leitura [Dirigente]

Tem piedade de mim, Senhor,

Tu que és o amor fiel!

Por tua bondade imensa

Apaga a minha culpa,

Apaga a minha culpa.

Lava toda a minha iniquidade.

Só tu, Senhor, podes purificar-me

dos meus pecados.

Tem piedade de mim, Senhor! [“Kyrie” — Luiza Cruz]

Oração [Silenciosa]

Hino 111 — “Tu és Fiel, Senhor” [E1/E3]

Tu és fiel, Senhor, meu Pai celeste,

Pleno poder a teus filhos darás;

Nunca mudaste, Tu nunca faltaste,

Tal como eras Tu sempre serás.

Tu és fiel, Senhor! Tu és fiel, Senhor!

Dia após dia, com bênçãos sem fim,

Teu grande amor me sustenta e me guarda;

Tu és fiel, Senhor, fiel a mim.

Pleno perdão Tu dás! paz, segurança;

Cada momento me guias, Senhor,

E no porvir, ó que doce esperança,

Eu gozarei do teu rico favor.

Leitura

Tu rompes o ciclo de guerras,

e , assim, podemos ser enriquecidos com tua paz;

Tu despedaças o poder da violência

e, assim, podemos nos libertar de nossos temores;

Tu plantas tuas palavras de esperança em nós,

gravando em nossos corações: “Tu és meu!”.

Tu nos dás a palavra de que precisamos

e, assim, podemos viver em tua graça,

Ó Deus da Criação.

Tu espontaneamente te tornaste um de nós

e, assim, pudemos ser libertos de nossos pecados;

Tu nos tomas pela mão

para nos tirar de nossas dúvidas;

Tu nos dás as palavras de que precisamos

e, assim, podemos seguir compartilhando

tua boa-nova de vida,

sendo amigos dos necessitados.

Tu nos conduzes em segurança

quando as águas cercam os nossos pés;

Tu nos cercas com serenidade

quando dúvidas nos atormentam;

Tu nos dás as palavras de que precisamos

quando caminhamos por caminhos tortuosos,

Ó Espírito de Santidade.

Deus único em comunhão e em santidade,

Tu nos dás as palavras de que precisamos

para orar como Jesus nos ensinou, dizendo... [Thom M. Shuman]

Oração Dominical [Todos, Em Pé]

Cântico 140 — “Magnifiquemos”

Magnifiquemos ao Senhor,

Ao Rei que é digno de louvor!

Excelso, supremo, mui digno de louvor.

Excelso, supremo, mui digno de louvor.

Hosana, hosana, hosana ao nosso Rei.

Hosana, hosana, hosana ao nosso Rei.

Dedicação dos Dízimos e Ofertas

Oração [Gratidão e Dedicação]

Culto Infantil

Leitura de Mateus 25,14–30

Pois será como um homem que, ausentando-se do país, chamou os seus servos e lhes confiou os seus bens. A um deu cinco talentos, a outro, dois e a outro, um, a cada um segundo a sua própria capacidade; e, então, partiu. O que recebera cinco talentos saiu imediatamente a negociar com eles e ganhou outros cinco. Do mesmo modo, o que recebera dois ganhou outros dois. Mas o que recebera um, saindo, abriu uma cova e escondeu o dinheiro do seu senhor. Depois de muito tempo, voltou o senhor daqueles servos e ajustou contas com eles. Então, aproximando-se o que recebera cinco talentos, entregou outros cinco, dizendo: Senhor, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que ganhei. Disse-lhe o senhor: Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. E, aproximando-se também o que recebera dois talentos, disse: Senhor, dois talentos me confiaste; aqui tens outros dois que ganhei. Disse-lhe o senhor: Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. Chegando, por fim, o que recebera um talento, disse: Senhor, sabendo que és homem severo, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste, receoso, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu. Respondeu-lhe, porém, o senhor: Servo mau e negligente, sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei? Cumpria, portanto, que entregasses o meu dinheiro aos banqueiros, e eu, ao voltar, receberia com juros o que é meu. Tirai-lhe, pois, o talento e dai-o ao que tem dez. Porque a todo o que tem se lhe dará, e terá em abundância; mas ao que não tem, até o que tem lhe será tirado. E o servo inútil, lançai-o para fora, nas trevas. Ali haverá choro e ranger de dentes.

Mensagem — Rev. Marcelo Smargiasse

Celebração da Santa Ceia do Senhor

Leitura [para a celebração do pão]

Deus, alimento dos pobres;

Cristo, nosso pão,

dá-nos o sabor do pão fresquinho

da mesa de tua Criação;

pão recém-saído

do forno de teu coração,

alimento que nos conforta e nos nutre.

Um pão fraterno que nos faz humanos

de mãos dadas,

trabalhando, compartilhando.

Um pão quentinho que nos torna uma família;

sacramento de teu corpo,

teu povo ferido. [Psalms for Life and Peace]

Cântico — “Em Amor por Mim” [VPC]

Este é o meu corpo partido por ti;

Traz salvação e dá a paz.

Toma e come,

E quando fizeres, faze-o em amor por mim.

Este é meu sangue vertido por ti;

Traz o perdão e liberdade.

Toma e bebe,

E quando fizeres, faze-o em amor por mim.

Leitura [para celebração do vinho]

Jesus Cristo, vinho para nossa sede de plenitude,

serve-nos teus sacramentos,

primeiros frutos do Reino,

nostalgia de nossa alma.

Que a cor viva do vinho,

lembrança da vida de Cristo,

reviva as esperanças de nossa fé

para que o dia a dia nos seja plena harmonia.

Por Jesus, nosso Senhor e irmão mais velho. Amém. [Luiz C. Ramos, Adpt]

Oração Final

Bênção Apostólica

Amém Tríplice

Poslúdio
Created By
Marcelo Smargiasse
Appreciate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.