Loading

São José Notícias A revista digital da cidade - 05

Seja bem-vindo!

Esta é 5ª edição da revista digital São José Notícias, uma nova forma de ficar por dentro das novidades sobre a nossa cidade. Aqui as notícias mais importantes da Prefeitura Municipal ganham um formato inovador.

Interativo e muito gostoso de ler 🙂
esta edição vai te levar numa viagem pra conhecer a origem de alguns alimentos que podem estar agora no seu prato.

🥬🍅🍽🍽🫑🧅

vamos te mostrar uma ação que une duas prioridades da prefeitura…

incentivo à agricultura familiar e assistência a pessoas em vulnerabilidade social.

Através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o município compra produtos direto do pequeno agricultor.
E destina esses produtos a locais onde pessoas em situação de insegurança alimentar podem receber refeições completas e saudáveis.

É ou não é um destino perfeito para o alimento produzido com tanto amor aqui em nossa terra?

AGRICULTURA FAMILIAR

Primeiro, vamos entender a importância da agricultura familiar.

Sabe por que Dizemos que é uma produção feita com amor?

❤️❤️❤️❤️

porque acontece em pequenas propriedades por trabalhadores rurais de uma mesma família, que passam o conhecimento de geração para geração.
Da escolha das sementes…
…ao cuidado com o solo.

O que eles plantam combina direitinho com as características do clima e da terra, respeitando a biodiversidade.

Não há monocultura, mas uma variedade de alimentos bem típicos do local onde se planta.

para os agricultores familiares, plantar é a principal ou única fonte de sustento.

No mundo todo, a agricultura familiar é fundamental pra produzir a comida que chega no prato da população.

Para você ter uma ideia, a cada 6 fazendas, 5 são ocupadas pela agricultura familiar. Sabe quanto isso representa?
Apesar disso, os agricultores familiares são uma minoria esmagadora quando se trata de extensão de terra.
Isso mesmo: a agricultora familiar representa somente 12% das terras cultivadas em todo o mundo.

É que cada propriedade da agricultura familiar tem em média 2 hectares.

Apesar de ocupar menor espaço, as famílias agricultoras chegam a produzir 35% de toda a comida do planeta.

(dados da FAO, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura).

No Brasil, são responsáveis por 70% dos alimentos que chegam em nossa mesa todos os dias.

(dados do último censo do IBGE)

Por isso necessitam cada vez mais de políticas públicas que valorizem sua produção.

AGRICULTURA FAMILIAR CONTRA A FOME

Dar apoio ao pequeno produtor rural, ao mesmo tempo que combate a fome no município.

Essas são as principais motivações do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em São José, que compra alimentos de pequenas propriedades familiares para destinar a pessoas em vulnerabilidade.
“Esse programa oportuniza o fomento à agricultura familiar da nossa cidade e auxilia quem está passando por momentos difíceis. Meu papel, como gestor público, é garantir que a Prefeitura auxilie a todos, garantindo que o Município de São José seja a cidade das oportunidades para os josefenses.”

Orvino Coelho de Ávila, prefeito de São José

A família do Seu Edésio fornece aipim, salsa, chicória, entre outros produtos.
Olha o que ele falou sobre a importância do projeto.

“tem uma importância muito grande de sustento pra minha família e outras famílias também que estão envolvidas.”

Edésio Voges, agricultor

Atualmente, 19 famílias agricultoras são parceiras do programa.

São comprados mais de 30 tipos de produtos orgânicos, oferecidos em forma de refeições saudáveis a cerca de 210 pessoas em situação de vulnerabilidade social.
Trata-se de um público atendido nas redes de assistência social, segurança alimentar e nutricional e na rede pública e filantrópica de ensino.
Os alimentos chegam às entidades parceiras em funcionamento em horário integral (NURREVI, Lar de Zulma, ONG FGA e Orionópolis Catarinense), que preparam e distribuem as refeições.

Esses alimentos vêm melhorando a vida de muita gente! Quer ver? Então dá play no vídeo abaixo:

Esse programa possui o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina e da Prefeitura de São José, por meio da Secretaria de Assistência Social.

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS

No início do ano, os agricultores cadastrados receberam visitas técnicas da Coordenadora Municipal do Programa, a assistente social Kerlen Mignoni da Silva.

os encontros esclareceram as dúvidas E o programa avançou.

Com apoio de entidades como a EPAGRI e a COPAFREN, foi feita a aproximação da Secretaria de Assistência Social com os produtores rurais.
Muitos tiveram prejuízos com a estiagem no início do ano e depois ainda sofreram com as chuvas que acabaram com toda a produção.

POR ISSO AS COMPRAS ESTÃO SENDO REALIZADAS CONFORME A DISPONIBILIDADE DOS PRODUTOS.

MAIS UM MOTIVO PARA QUE AS AÇÕES DE APOIO À AGRICULTURA FAMILIAR CONTINUEM!

A compra dos produtos iniciou em fevereiro. e As entregas vão até o dia 30 de novembro desse ano.

No vídeo abaixo a coordenadora do programa traz mais informações. É só dar play:

SAIBA MAIS SOBRE O PROGRAMA

O PAA foi criado pelo art. 19 da Lei nº 10.696, de 02 de julho de 2003. O Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e a Coordenadoria de Segurança Alimentar, é que executa a proposta.

Com base na Portaria n° 96, de 22 de setembro de 2020, do Governo Federal, foi definido como limite financeiro para aplicação no Programa o valor de R$ 1,5 milhão (1.515.000) para o Estado.

Desse total, foi destinado ao município de São José o valor de quase R$ 200 mil reais (R$197.325,24).

Quer saber mais?

até a próxima edição da revista São José Notícias.