Eduardo Rodrigues O jornalista

Conheci o Edu em uma viagem para Inhotim. Acho que não existe forma mais legal de conhecer gente interessante e interessada. Foi um grupo muito bom e, até meu marido que achava que não curtia arte, voltou animado para ir em qualquer exposição que eu o convide.

Soube que o Edu era jornalista e tinha uma jornada muito pesada. Acordava ainda na madrugada e só encerrava suas atividades por volta das 22h. Eram muitos compromissos, entre eles, apresentava um programa voluntariamente. Um trabalhador nato. Fiquei admirada.

Era hora dele ter um retrato profissional eu sabia que não poderia ser tradicional. O que você pensa quando imagina um jornalista?

O Edu (é muito difícil chamar ele de Eduardo Rodrigues) não cabia em nenhum desses estereótipos. E, justamente por isso, eu sabia que ele voaria alto. Ter personalidade tão jovem não é fácil. A maioria prefere o caminho mais simples de copiar o que está feito pelos grandes e famosos, mas não é o seu caso.

Ele mesmo cuidou do estilo, sabia o que desejava em tudo, e o meu trabalho foi bem simples. Registrar a sua personalidade. Colocamos diante da câmera o seu grande diferencial: Ele mesmo. Irreverente, alegre, intenso. Um jornalista capaz de estar presente na hora da notícia, de se emocionar, de se envolver.

A frieza não é uma característica irmã da seriedade profissional, embora facilmente confundida com ela. O retratado saber disso nos deixou livres, e aí foi só bater as asas.

Os retratos selecionados foram diversos, para que ele possa usar por temporadas.

O meu preferido, definitivamente, é esse. As cores (o azul do fundo é photoshop) trazem uma atmosfera leve, o uso do terno contextualiza que estamos diante de um profissional (embora muitos profissionais não usem, ainda é um elemento para falar sobre formalidade) e o sorriso joga por terra qualquer pensamento sobre distância e frieza.

Eu ainda era estudante, e ele também, quando fizemos as fotos. E hoje ainda acredito nelas com toda a força. Isso dá a certeza de um trabalho feito com dedicação.

Este conteúdo faz parte da série #comoeucrio

Created By
gabi mateus
Appreciate

Credits:

Gabi Mateus

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.