Loading

Quarto Domingo de Quaresma Ano B — São Paulo, 11 de março de 2018

Prelúdio

Aclamação [Todos, em pé]

Deus nosso,

invocamos tua luz,

tua direção, tua paz.

Protege-nos das forças do mal.

Neste tempo de conversão para a tua Páscoa,

transforma-nos

em poetas

e profetas

do teu Reino. Amém. [Inês de França Bento]

Hino “Nome Precioso” [TD, 228]

Leva tu contigo o nome

De Jesus, o Salvador;

Este nome dá conforto,

Hoje, sempre e onde for.

Nome bom, doce à fé,

Esperança do porvir!

Santo nome incomparável

Tem Jesus, o amado teu,

Rei dos reis, Senhor eterno,

Deus na terra, Deus no céu.

Este nome leva sempre

Para bem te defender.

Ele é arma ao teu alcance,

Quando o mal te aparecer.

Oh, que nome precioso!

Gozo traz ao coração.

Com o Pai agora temos

Por Jesus real perdão.

Leitura

C: Rendei graças ao Senhor, porque ele é bom,

e a sua misericórdia dura para sempre.

Digam-no os remidos do Senhor,

os que ele resgatou da mão do inimigo

e congregou de entre as terras,

do Oriente e do Ocidente,

do Norte e do mar.

D: Os estultos, por causa do seu caminho de transgressão

e por causa das suas iniquidades, serão afligidos.

A sua alma aborreceu toda sorte de comida,

e chegaram às portas da morte.

Então, na sua angústia, clamaram ao Senhor,

e ele os livrou das suas tribulações.

Enviou-lhes a sua palavra, e os sarou,

e os livrou do que lhes era mortal.

T: Rendam graças ao Senhor por sua bondade

e por suas maravilhas para com os filhos dos homens!

Ofereçam sacrifícios de ações de graças

e proclamem com júbilo as suas obras! [Salmo 117,1-3.17-22]

Cântico “Ao Único” [TD, 124]

Ao único que é digno de receber

A honra e a glória, a força e o poder...

Ao Rei eterno, imortal, invisível, mas real,

A Ele ministramos o louvor.

Coroamos a Ti, ó Rei Jesus. [2x]

Adoramos o Teu nome,

Nos rendemos a Teus pés.

Consagramos todo o nosso ser a Ti. [2x]

Oração

Saudação e Acolhida [Dirigente]

Cântico “Teu Povo” [TD, 93]

É o teu povo aqui presente,

Todos, numa só voz,

Declarando que só tu és grande!

Exaltamos teu doce nome

Pelo amor, pela cruz, por teu filho Jesus.

Pois és santo, sim, és digno

De louvor e de ser adorado.

És bondoso, Pai querido,

Dentre todas as coisas

tu és verdadeiro Senhor.

Oração

Interlúdio

Leitura

Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, —pela graça sois salvos, e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus; para mostrar, nos séculos vindouros, a suprema riqueza da sua graça, em bondade para conosco, em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas. [Efésios 2,1-10]

Oração Silenciosa

Hino “Sou Feliz com Jesus” [TD, 220]

Se paz a mais doce eu puder desfrutar,

se dor a mais forte sofrer,

oh, seja o que for, tu me fazes saber

que feliz com Jesus sempre sou!

Sou feliz com Jesus.

Sou feliz com Jesus, meu Senhor.

Embora me assalte o cruel Satanás,

e ataque com vis tentações;

oh, certo eu estou, apesar de aflições,

que feliz eu serei com Jesus!

Meu triste pecado, por meu Salvador

foi pago de um modo total.

Valeu-me o Senhor, oh, que amor sem igual!

Sou feliz, graças dou a Jesus.

A vinda eu anseio do meu Salvador.

Ao céu ele vai me levar;

em breve eu irei para sempre morar

com os salvos por Cristo Jesus.

Oração Silenciosa

Oração Audível [Gratidão pelo Perdão]

Interlúdio

Momento de Louvor [Grupo de Louvor]

Culto Infantil

Leitura de João 3,14-21

E do modo por que Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do Homem seja levantado, para que todo o que nele crê tenha a vida eterna.

Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más. Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega para a luz, a fim de não serem arguidas as suas obras. Quem pratica a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque feitas em Deus.

Mensagem — Pr. Marcelo Smargiasse

Oração e Bênção

Amém

Poslúdio
Created By
Marcelo Smargiasse
Appreciate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.