O reinado de D.João V Trabalho realizado poR TomÁs, tiago, tiago e diogo.

A afirmação da monarquia absoluta

D.João V

Nos finais do século XVII e início do XVIII o D.João V inspirado no regime do Rei Francês Luís XIV, governou como monarca absoluto, alguns factos que o afirmam sendo:

• Rodeou se na sua corte de luxo e ostentação

• Mandou construir grandes obras públicas e protegeu as letras

• Melhorou a administração do reino

• Subordinou a nobreza e o clero

• Interferiu na economia

• Nunca reuniu as Cortes no seu reinado.

A sociedade de ordens

Sociedade de Ordens

A sociedade portuguesa do antigo regime estava também dívida em clero, nobreza e povo, cada um com uma função específica.

A nobreza ganhou importância ao longo do século XVII e D. João tomou medidas para a controlar.

A burguesia dedicava-se ao comércio interno e ao comércio ultramarino.

Medidas Mercantilistas

Após a restauração da independência, Portugal enfrentou grandes dificuldades económicas devidos aos elevados gastos na guerra e à recuperação dos territórios ultramarinos, e na década de 1670, Portugal foi afetado por uma grave crise comercial, em parte devido à concorrência das potências coloniais que vendiam os seus produtos a preço inferior aos nossos. Perante a gravidade da situação, foram aplicadas em Portugal as medidas mercantilistas pelo 3º conde da Ericeira,ministro de D. Pedro II (o rei que reinou antes de D. João).

Para combater a crise, o 3º conde da ericeira incentivou a criação de manufacturas e protegeu-as. Desta forma tentou equilibrar o comércio. Porém, quando estávamos a desenvolver as medidas, foi descoberto ouro no Brasil, fazendo a medida parar.

Impacto das Medidas Mercantilistas

As medidas mercantilistas fizeram aumentar o número de manufaturas, devido ao facto que o que produzíamos internamente não era suficiente. Com o aumento das manufaturas, devido às medidas mercantilistas, a economia cresceu, até que eventualmente com o fluxo de ouro do Brazil, estas medidas foram desvalorizadas e abandonadas.

Tratado de Methuen

Imagem meramente ilustrativa

O Tratado de Methuen realizado em 1703 entre Portugal e Inglaterra permitiu a colocação de vinhos portugueses no mercado inglês e de lanifícios ingleses em Portugal. Com este tratado a Coroa abandonou completamente a política mercantilista.

Descoberta de Ouro no Brasil

Imagem meramente ilustrativa

A descoberta de ouro no Brasil, permitiu a Portugal comprar no estrangeiro os produtos que carecia, e fez com que as medidas mercantilistas fossem abandonadas, e que a económia deixasse de crescer também.

FIM

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.