Demócrito de Abdera Δημόκριτος

No âmbito da disciplina de Ciências Físico-Química foi pedido o levantamento da forma mais completa e resumida de alguns aspetos importantes da vida de alguns cientistas que foram e são importantes para os avanços nas várias áreas científicas e tecnológicas e o melhor estudo daquilo que acontece no dia a dia.

Este trabalho visa demonstrar estes factos, mas da vida do filósofo natural Demócrito de Abdera.

Democrito de Abdera ou Δημόκριτος foi um filósofo nascido no ano 460 a.c., filho de um nobre de alto renome, na cidade de Abdera que pertencia ao antigo Império Grego.

Maior parte da sua vida foi passada na Grécia, ganhando assim nacionalidade grega. Contudo Demócrito viajou muito, tendo viajado também para o Egito e Babilónia.

Demócrito foi discípulo e depois sucessor de Leucipo de Mileto. Durante as suas vidas, ambos estudaram a teoria atómica. Não há certeza se a teoria foi concebida por ele ou pelo seu mestre Leucipo, e a ligação estreita entre os dois torna difícil fazer a diferenciação, contudo Demócrito foi o maior expoente durante esta descoberta e quem sistematizou o pensamento da teoria.

A teoria atómica enunciava que toda a matéria era composta por elementos indivisíveis chamados átomos.

Do grego, "a", negação e "tomo", divisível. Átomo = indivisível
Ilustração de átomo atualmente, onde este já tem outras subdivisões, em protões, eletrões e neutrões.

Chegou-se a esta teoria através do pensamento de que quando se partia uma matéria múltiplas vezes, haveria um ponto em que a partícula deixava de ser quebrável, denominando-a de átomo.

Exemplo:

Quando se parte uma pedra múltiplas vezes, esta passa a cascalho. Se se continuar a partir, esta transforma-se em areia, que já não se consegue dividir mais tendo em conta o seu reduzido tamanho.

-------------------------------------------------------------------------------------

Para além desta descoberta, Demócrito também já pensava na ideia de um universo infinito, onde existem muitos mais planetas iguais ao nosso.

As suas descobertas eram ideias muito avançada para esta altura, não sendo possível prová-las. Só muito mais tarde é que foi possível comprovar, através dos avanços na tecnologia.

O filósofo foi ignorado em Atenas durante a sua vida, mas a sua obra foi reconhecida por Aristóteles, que a comentou extensivamente. Demócrito nunca foi reconhecido pelo seu trabalho através de prémios ou condecorações, apenas por personagens também importantes da física antiga, renascentista e atual.

O seu modo de pensar sobre o cosmos pode ser encontrado amplamente difundido desde o renascimento, desde Giordano Bruno, Galileu Galilei e Espinoza até a física quântica (atomologia) e a cosmologia atual, mesmo que sua ideia original do átomo tenha sido ultrapassada desde o século XVIII.

Nenhuma obra de Demócrito sobreviveu até à atualidade. Assim, tudo o que se sabe dele vem de citações e comentários de outros autores. Da sua obra restaram apenas fragmentos, dos quais são conhecidos cerca de trezentos.

Hoje em dia não há certezas da autoria de algumas obras que são persopostamente de Demócrito, como o caso de alguns relatos de segunda mão, vindos por exemplo de Aristóteles ou obras como "A Grande Ordem do Mundo" e " A Ordem do Micromundo". Contudo Demócrito originou teorias a nível:

  • Ético
  • Físico
  • Matemático
  • Musical
  • Cosmologico

E Ainda em outras áreas, das quais prestou mais atenção durante a sua vida, como a Epistemologia, Astronomia, Metafísica, Geografia e algumas já referidas em cima.

Tendo em conta a altura em que este personagem viveu e onde passou a sua vida, pressupostamente tinha como religião a politeísta grega antiga.

Os 14 deuses gregos

Politicamente a Grécia passava por um período de democracia.

(Não há dados da educação ou das orientações religiosas e políticas de Demócrito, mas tendo em conta que passou a sua vida numa polis grega deve ter seguido estas duas orientações que eram quase unânimes na população da altura. Na sua educação pode ter seguido a da sua polis ou a ateniense ou espartana, contudo não é possível indicar certamente.)

Demócrito morreu no ano 370 a.c. em local e de forma desconhecida.

Se não fosse este cientista, hoje não teríamos a noção da infinidade do universo e continuariamos a achar que este apenas se baseava no nosso sistema solar, como o caso de por exemplo se achar que o sol era o centro do universo e que o mais pequeno fragmento de matéria visível a olho nu é o máximo que este se pode dividir, como o caso dos átomos, que hoje nos permitem explicar muitas reações químicas e físicas que ocorrem no dia - a - -dia.

By convention hot, by convention cold, but in reality atoms and void, and also in reality we know nothing, since the truth is at bottom. - Democritus

("Por conveniência quente, por conveniência frio, mas na realidade os átomos e vazio, e também na realidade não sabemos nada, já que a verdade está no fundo" - Demócrito)

Webgrafia:

Trabalho realizado por:

Margarida Gralha nº14 9ºC

Created By
Margarida Gralha
Appreciate

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.