O inferno urbano O efeito da urbanização na demografia

Figura 1- Mapa de Londres no século XVII.

Fonte: Wikipedia

Figura 2- Mapa de Londres no século XVIII, feito em 1720.

Figura 3- Mapa de Londres no século XIX, feito em 1811.

Figura 4- Gráfico sobre o crescimento populacional nas diferentes áreas de Londres de 1891 à 2011.

Figura 5- Gráfico sobre o crescimento populacional de Londres de 1801 à 2011.

Figura 6- Tabela sobre o crescimento populacional de Londres de 1891 à 2011.

A população das cidades industrializadas cresceu bastante. Isto ocorreu por causa (...) das altas taxas de crescimento populacional da época (...) e de um forte êxodo rural (...). Muitos destes agricultores mudaram-se para as cidades porque avanços tecnológicos na área da agro-pecuária haviam reduzido a necessidade de mão-de-obra humana, outros foram às cidades simplesmente em busca de uma vida melhor.-José Emerson de Tavares Macedo (autor do blog história no vest)

Figura 7- Cena de filme "Oliver Twist" que retrata a realidade precária de grande parte da população de Londres no século XIX, resultado da superpopulação da cidade.

As péssimas condições de moradia e a superpopulação são duas anotações constantes sobre os bairros operários londrinos. Com o pouco tempo de descanso, os operários procura se alojar próximos das fábricas, aglomerando mais ainda a região central da cidade, vivendo de forma precária degenerando a imagem visual das ruas de Londres.-José Emerson de Tavares Macedo (autor do blog história no vest)

Figura 8- Ilustração retratando Londres do século XIX, repleto de cortiços e famílias vivendo nas ruas.

Um lugar chocante, um diabólico emaranhado de cortiços que abrigam coisas humanas arrepiantes, onde homens e mulheres imundos vivem de dois tostões de aguardente desconhecidas, onde todo cidadão carrega no próprio corpo as marcas da violência e onde jamais alguém penteia seus cabelos.- Friedrich Engels

Figura 9 - Mapa de São Paulo no século XIX, feito em 1881.

Figura 10 - Mapa de São Paulo no século XX, feito em 1943.

(...) até o final do século XIX, São Paulo deixou para trás sua condição de vila afastada dos principais centros econômicos do país, sobretudo em razão de sua posição geográfica privilegiada, entre o porto de Santos e o interior da Província, onde se expandia o cultivo do café, passando então a assumir importância crescente como entreposto comercial e ponto de entroncamento das rotas pelas quais era exportada a produção cafeeira.- Prefeitura de São Paulo

Figura 11: Tabela sobre o crescimento populacional na cidade de São Pulo entre os anos de 1872 e 2010

Vídeo 1: Vídeo sobre o crescimento populacional em São Paulo entre 1881 e 2000.

O fluxo imigratório perdurou nas duas primeiras décadas do século XX, o que manteve a cidade em elevado ritmo de crescimento demográfico. Durante este período, criaram-se as bases para o desenvolvimento industrial de São Paulo, com a transferência de capitais gerados na atividade agrária para as incipientes indústrias locais.- Prefeitura de São Paulo

Figura 12- Gráfico sobre o crescimento populacional em São Paulo entre os anos de 1900 e 2010.

Por volta de 1950, já com os fluxos de imigração estrangeira bastante reduzidos e, ao mesmo tempo, em fase de grande impulso industrial, a cidade passou a atrair contingentes populacionais de outros Estados do Brasil, transformando-se então no maior pólo de migração interna. Foram mais de 3 milhões de pessoas – trabalhadores e suas famílias – que aqui chegaram entre 1950 e 1980 e este processo, aliado ao crescimento vegetativo da população, manteve as altas taxas de crescimento da cidade no período. - Prefeitura de São Paulo

Figura 13- Fotografia apresentando a falta de infretrutura no São Paulo atual

É aquela cidade em que as pessoas acordam para trabalhar, voltam para casa e dormem para, no dia seguinte, trabalhar. Essa é a rotina.-Laudiceia Amorim
  • Beatriz Golin n°6 2ºA
  • Camilla Granero n°8 2ºA
  • Isabella Canêo n°18 2ºA
  • Larissa Uehara n°22 2ºA

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.