Do moderno ao caótico

Texto e fotos de Custódio Coimbra

É sempre mais difícil reclamar do metrô. Seja no Rio ou em qualquer outra cidade do mundo. Principalmente quando comparado com os ônibus, os trens, as barcas e, principalmente, os carros particulares. Apesar de custar caro, ele é seguro, moderno, rápido, não polui e tende a chegar no horário. Mesmo assim, é difícil achar um usuário que não tenha ficado parado, pelo menos uma vez, por problemas de sinalização, que não desistiu da viagem por falta de espaço nos vagões ou que não reclame da pouca ou nenhuma educação de certos passageiros, sempre se acotovelando para buscar um lugar sentado. Neste ensaio, da Pavuna à Barra, as imagens de quem prefere, apesar de tudo, cruzar a cidade por debaixo da terra.

Created By
Projeto Colabora
Appreciate

Credits:

Fotos de Custódio Coimbra

Made with Adobe Slate

Make your words and images move.

Get Slate

Report Abuse

If you feel that this video content violates the Adobe Terms of Use, you may report this content by filling out this quick form.

To report a Copyright Violation, please follow Section 17 in the Terms of Use.